SEGURANÇA

Fraude na Internet: Um em cada cinco brasileiros já foi vítima de roubo de identidade

Convergência Digital ... 30/05/2019 ... Convergência Digital


Uma pesquisa recente realizada pela PSafe, desenvolvedora dos aplicativos dfndr, revelou que 1 em cada 5 brasileiros já foi vítima de roubo de identidade, o que representa 24,2 milhões de potenciais vítimas em todo o país. Ainda segundo a pesquisa, 51,3% dos usuários entrevistados apontaram o número de telefone como sendo o dado mais utilizado de forma fraudulenta, seguido de credenciais de redes sociais (44,3%), credenciais de e-mail (37,1%), CPF (26,8%) e número de cartão de crédito (19,3%).

O roubo de identidade, que se tornou uma prática cada vez mais comum e perigosa, ocorre quando um cibercriminoso se infiltra em uma fonte de dados e extrai informações confidenciais. Segundo Emilio Simoni, Diretor do dfndr lab - laboratório especializado em segurança digital - existem três maneiras mais comuns nas quais um hacker consegue acesso a informações privadas dos usuários.

"É bastante comum que os cibercriminosos procurem explorar pontos vulneráveis de segurança em empresas para roubar conteúdo sigiloso ou buscar fragilidades em servidores terceirizados por essas empresas que contenham base de dados vazadas sem uma senha de proteção. Além disso, também há casos de ex funcionários de empresas que, após serem demitidos, divulgam informações confidenciais de usuários e clientes", explica Simoni.

A porta de entrada para o roubo de identidade na internet consiste em hackear o e-mail das vítimas. Isso porque é com ele que os usuários cadastram e criam contas em sites, logam em redes sociais, sincronizam senhas, armazenam dados e arquivos pessoais ou registram o número de cartão de crédito em compras online. Por isso, ao ter posse da credencial de uma única conta, um cibercriminoso pode facilmente acessar outros dados e, consequentemente, se passar pela vítima para fazer compras, pedir empréstimos, abrir empresas falsas ou aplicar golpes em outros usuários. A íntegra da pesquisa pode ser acessada aqui.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Custo médio de uma violação de dados é de R$ 5,4 milhões no Brasil

Empresas brasileiras levam em, média, 250 dias para identificar a violação dos dados. De acordo com o diretor de Cibersecurity da IBM, João Rocha, as organizações enfrentaram a perda ou o roubo de mais de 11,7 bilhões de registros nos últimos três anos. Ataques maliciosos custam mais do que as violações por falhas humanas.

Em maio, Brasil teve mais de 140 milhões de ameaças disseminadas por e-mail

País fica no top 3 do ranking mundial, perdendo apenas para os Estados Unidos e a China, revela estudo feito pela Trend Micro.

Duas em cada três empresas querem Inteligência Artificial para evitar ataques hackers

Quase 70% das corporações admitem que não serão capazes de responder aos ataques cibernéticos sem o uso da IA. O levantamento global da Capgemini revela ainda que uma em cada cinco empresas admitem o impacto dos hackers e um prejuízo significativo nos negócios.

Ransomware Sodin ataca vulnerabilidade desconhecida do Windows

Ransomware adota uma técnica chamada de 'Heaven's Gate', que permite um programa mal-intencionado executar código de 64 bits de um processo em execução de 32 bits, o que não é uma prática comum e mais incomum em ransomware, alerta a Kaspersky.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G