Home - Convergência Digital
Veja mais
Veja mais

Comparex anuncia troca de direção nas operações do Brasil

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 25/05/2017

A Comparex, provedora global de serviços de TI especializada em gestão de softwares, gerenciamento de soluções de licenciamento e consultoria especializada em projetos em nuvem, anuncia Otavio Argenton como novo gerente geral no Brasil. Argenton possui mais de 18 anos de experiência em tecnologia, em áreas como vendas, consultoria, PMO, outsourcing, suporte e serviços. Há 15 anos o executivo iniciou sua trajetória na 2S, empresa que deu origem à COMPAREX Brasil, como consultor Microsoft. Desde então, ele ocupou diversas posições de liderança, tendo comandado com sucesso as equipes de serviços e de vendas da COMPAREX Brasil.

"Estou muito satisfeito com a nova posição nesta empresa, que tem conquistado grandes resultados. Meu foco estará em criar estratégias para aumentar nossa base de clientes e manter o alto nível de satisfação dos que já temos. Buscamos continuar com o ritmo de crescimento atual, alinhados com a visão global de futuro da Comparex, que engloba serviços e nuvem. Queremos ser cada vez mais relevantes para nossos clientes, estando ao lado deles no mundo digital", diz Argenton.

O novo gerente geral para o Brasil assume a função que era de Christiano Knott, que parte para Munique, na Alemanha, para se juntar à equipe de parceiros de vendas globais. Knott será responsável pelo desenvolvimento de uma estratégia global de nuvem para o grupo COMPAREX. Junto com o time de parceiros de vendas globais, o executivo também vai trabalhar na adaptação da nova estratégia em diferentes mercados, de acordo com suas demandas específicas. No Brasil, a Comparex atua desde 2014, com sede em São Paulo e opera com soluções de gerenciamento de software, serviços e processos de compra e gestão de ativos.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como a expatriação fortalece empresa e funcionários?

Por MarcosSantos*

O processo, que consiste em enviar profissionais para trabalhar na unidade da mesma empresa em outro país, promove uma troca de conhecimento entre a equipe da unidade estrangeira e novo colaborador, uma experiência enriquecedora de ampliação de  expertises e de uma nova atmosfera de trabalho.

Destaques
Destaques

Empregos em TI dobram em 10 anos e passam de 500 mil no Brasil

O Panorama do Setor de TICs 2018, elaborado pela Assespro Nacional, em parceria com a Assespro Paraná e a Universidade Federal do Paraná avaliou o período de 2006 a 2016. São Paulo lidera com 43% dos empregos, bem à frente dos demais Estados.

Decisão do STF a favor da terceirização não respalda a pejotização

Advogados procurados pelo portal Convergência Digital sustentam que a dispensa de empregados para a contratação como terceirizados pode caracterizar a subordinação e punição à corporação

'Jogo de cintura' não é balela. É sobrevivência

Mas toda flexibilidade exige limite. Um profissional precisa ter uma meta, um plano de carreira bem claro. A inflexibilidade também tem um custo para o profissional que se recusa a ver os novos tempos.

Funcionários brasileiros burlam regras de segurança de TI por software e apps

Justificativas para a quebra da hierarquia são variáveis, entre elas desponta 'porque os software baixados são melhores do que o que a minha empresa oferecia". No Brasil, boa parte não entende o efeito da Inteligência Artificial.

Brasileiro revela pavor de perder o emprego

Estudo da Confederação Nacional da Indústria mostra que os profissionais brasileiros nunca ficaram tão preocupados com o emprego quanto agora. Sentimento cresce entre os homens, mas são as mulheres as mais assustadas com a possibilidade de demissões.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site