Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

França vai obrigar remoção de conteúdo de redes sociais em 1 hora

Convergência Digitalˆ ... 13/05/2020 ... Convergência Digital

Redes sociais e outros provedores de conteúdo online terão que remover conteúdo ligado a pedofilia e terrorismo de suas plataformas em uma hora ou enfrentar multa de até 4% da receita global, segundo uma lei francesa aprovada nesta quarta-feira, 13/5.

    Para outros conteúdos “manifestamente ilícitos”, empresas como o Facebook, Twitter, YouTube e Instagram e Snapchat terão 24 horas para removê-los, de acordo com a lei que estabelece a criação de um promotor digital especializado nos tribunais e um órgão governamental para observar o discurso de ódio online. 

    A ministra da Justiça, Nicole Belloubet, disse ao parlamento que a lei ajudará a reduzir o discurso de ódio online. 

 “As pessoas pensarão duas vezes antes de cruzar a linha vermelha se souberem que há uma alta probabilidade de serem responsabilizadas”, disse ela. 

Os defensores da liberdade de expressão criticaram a lei. 

O grupo online de defesa das liberdades civis La Quadrature du Net (LQDN) afirmou que o legislador deveria ter como alvo os modelos de negócios dos gigantes da internet. 

A entidade disse que não é realista pensar que o conteúdo possa ser retirado em uma hora e que a lei é desnecessária. 

 “Se o site não censurar o conteúdo (por exemplo, porque a denúncia foi enviada durante o final de semana ou à noite), a polícia pode forçar os provedores de serviços da internet a bloquearem o site em toda a França”, afirmou. 

A chefe de assuntos públicos do Twitter da França, Audrey Herblin-Stoop, disse que a empresa seguirá trabalhando com o governo para construir uma internet mais segura e combater o discurso de ódio, enquanto protege uma internet aberta, a liberdade de expressão e a concorrência justa. 

Marine Le Pen, líder da extrema-direita francesa, disse que a lei é “uma violação grave da liberdade de expressão”. 

O Facebook não retornou ligações e emails em busca de comentários, o Google e o Snapchat não estavam imediatamente disponíveis para comentar. 

* Com informações da Reuters


Carreira
Home office disparou o custo com contas de luz, de água e de Internet

Pesquisa nacional feita pela VR Benefícios mostra que apenas 3% dos trabalhadores tiveram algum tipo de reembolso dos patrões. Os demais 97% absorveram o aumento das despesas em seu orçamento sem qualquer tipo de repasse pelas empresas.

Desigualdade econômica acentua exclusão digital do campo no Brasil

Estudo mostra que na região, 77 milhões de pessoas não tem acesso à internet. No Brasil, que puxa os índices agregados para cima, diferença é gritante entre grandes e pequenas propriedades. Levantamento mostra que 244 milhões de pessoas na AL não têm acesso à Internet.

Em Telecom, estratégia do governo até 2031 ainda corre atrás de inclusão digital

Decreto 10.531/20, com a Estratégia Federal de Desenvolvimento da próxima década lista banda larga no Norte e Nordeste, backhaul de fibra e redução do gap digital. 

Telebras: Justiça confirma legalidade do acordo com a Viasat por satélite

Juízo da 5ª Vara Federal do Distrito Federal concluiu pela legalidade do acordo firmado com a empresa norte-americana e julgou improcedente todos os argumentos da Via Direta e da Rede Tiradentes, de Manaus. Disputa já dura dois anos e meio.

MPF recomenda que instituto cancele compra de MacBooks de R$ 12 mil e use PCs mais baratos

Instituto Federal de Educação do Rio Grande do Norte (IFRN) quer 20 notebooks da Apple para o setor administrativo, em custo superior a R$ 250 mil. MPF diz que licitação deve incluir outras marcas. 

Covid-19 aumentou o uso da internet nas classes C, D e E

Segundo a pesquisa TIC Covid-19, do Cetic.br, a pandemia aumentou o uso da rede em todas as classes e faixas etárias. O que já era hábito entre os mais ricos, passou a ser mais comum entre os mais pobres para compras e serviços.

Bemol quer Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E para levar banda larga para quem não tem nem 3G

Varejista com atuação na região norte do País tem planos de expandir sua infraestrutura para mais cidades, mas conta com a frequência não licenciada, diz o gerente de TI, Jesaias Arruda.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G