Convergência Digital - Home

Storage é o 'coração' da convivência entre o mainframe e a nuvem

Convergência Digital
Por Roberta Prescott* - 07/10/2019

O anúncio do sistema z15 com o DS8900, ambos feitos pela IBM na quinta-feira 03/10, endereçou uma demanda dos clientes por mais flexibilidade para trabalharem conjuntamente com a nuvem e mainframe, explicou Juliana Coimbra, líder de soluções de armazenamento de dados da IBM Brasil, em entrevista em vídeo à CDTV, do portal Convergência Digital.
 
"Nós disponibilizamos, tanto do lado do mainframe como no lado do storage, uma série de funcionalidades que permitem extrair o melhor da nuvem com a integração das missões críticas", disse. Neste cenário, as soluções de armazenamento, storage, funcionam como "o coração" de todo o processo, porque os dados são os ativos mais importantes das empresas, assinalou Juliana Coimbra.

Segundo a especialista, o papel do armazenamento em multicloud é oferecer alternativas para a movimentação dos dados entre as plataformas, com criptografia e respeitando a privacidade dos dados. Juliana Coimbra reforça duas prioridades: privacidade e resiliência.

"Do lado de storage, temos a encriptação de dados at rest, quando os dados estão gravados no storage, ou in-flight. Temos também uma capacidade chamada safeguard copy que é o uso de cópias instantâneas, ou seja, crio cópias instantâneas e elas não podem ser modificadas e nem deletadas. Isto evita erros de usuários que podem afetar dados ou uma invasão maliciosa", explicou a executiva da IBM Brasil. Confira a íntegra da entrevista:


Destaques
Destaques

Governo negocia para transformar Foz do Iguaçu em zona franca para datacenters

O secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Elisio de Menezes, conta que negocia a incorporação dos datacenters em uma classe especial para consumo de energia, ativo que mais encarece as operações no Brasil.

Disseminação de serviços em nuvem puxa investimentos globais em TI

Segundo projeções da consultoria Gartner, gastos devem bater em R$ 15 trilhões neste ano e crescer 3,7% em 2020, puxados por cloud computing. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site