Home - Convergência Digital

Economia promete zerar FISTEL para IoT no orçamento de 2021

Ana Paula Lobo - 28/08/2020

Ao participar de Live promovida pelo SindiTelebrasil e pelo portal Jota, sobre o papel das Telecomunicações nas retomada econômica, nesta sexta-feira, 28/08, o subsecretário de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia, Gabriel Fiuza, informou que o Projeto de Lei do Orçamento (PLOA) para 2021, que será entregue ao Congresso Nacional, prevê a isenção de impostos – no caso o FISTEL -  Fundo de Fiscalização das Telecomunicações - para dispositivos de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) e para as antenas VSATs.

“No ano passado batemos na trave, mas estamos trabalhando duro para viabilizar essa isenção. Ela é essencial para promover a produtividade em diferentes segmentos como agronegócio e outros”, afirmou. Fiúza também contou que há uma articulação de áreas do governo, como a Economia e o Ministério das Comunicações, para fazer um estudo sobre o impacto da carga tributária incidente no setor de telecomunicações.

"Sabemos que há muitas distorções na parte tributária e que elas precisam ser corrigidas. Acreditamos que o estudo nos dará essa visibilidade e, por isso, é importante ser um estudo com adesões de outros órgãos", observou. Ao ser indagado sobre o impacto da pandemia de convid-19 nos planos governamentais, Fiuza afirmou que a crise é uma oportunidade para fazer acontecer as reformas estruturantes necessárias.

No caso do setor de Telecomunicações, observou, há a prioridade para a regulamentação da Lei das Antenas. "Ela é muito importante porque estrutura o caminho para a chegada do 5G. Há muitas discussões à mesa, que precisam ser debatidas e ajustadas, mas a desburocratização para a infraestrutura é essencial para a retomada da economia", completou.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/10/2020
Empresa nacional de IoT recebe aporte da KPTL e da Wayra

14/10/2020
Carrier elege AWS e une nuvem, IoT e coleta de dados

13/10/2020
Por mais vigilância, governos planejam gastar US$ 15 bilhões em IoT ainda em 2020

06/10/2020
TIM cria marketplace para Internet das Coisas no Brasil

25/09/2020
Relator no Senado propõe desoneração de IoT e VSats sem mudar texto da Câmara

09/09/2020
Anatel: Teles precisam ser claras do que querem para Internet das Coisas

02/09/2020
TIM quer parceria com startups em uso de 4G ou IoT em soluções para o campo

31/08/2020
Governo prevê isenção de taxas para Internet das Coisas e VSATs em 2021

28/08/2020
Economia promete zerar FISTEL para IoT no orçamento de 2021

24/08/2020
Sem Fistel, internet das coisas pode criar 7 milhões de empregos em cinco anos

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site