Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Microsoft e Qlik acertam reduções de até 22% nos preços com o governo

Luís Osvaldo Grossmann ... 02/07/2020 ... Convergência Digital

O governo federal fechou novos acordos para limitar preços cobrados em licitações de produtos de Tecnologia da Informação e Comunicação. A Microsoft, que em 2019 não topou negociar e teve cortes de 35% na tabela base para licitações, desta vez acertou uma redução de 22,71% em 2 mil produtos vendidos a órgãos públicos. Como esse, o Diário Oficial da União desta quinta, 2/7, também traz o extrato do acordo com a QlikTech. Nesse caso, a redução foi de 10,87%.

As negociações para preços com grandes fornecedores de TI vem sendo tocada pela Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia desde o ano passado. Com base nesses acordos, a SGD publica catálogos de produtos de TI com preços máximos para licitações, sobre os quais incidem as reduções. 

“Esse acordo é fruto do compromisso da Microsoft de pavimentar caminhos que auxiliem na transformação digital do governo, possibilitando a contratação de produtos e serviços de tecnologia que são peça-chave para a inovação, ganho de eficiência e agilidade, e para a entrega de melhores serviços ao cidadão”, afirma a empresa da Microsoft Brasil, Tânia Cosentino. 

Quando não há acordo, a secretaria fixa um percentual de forma unilateral. Neste novo ciclo de negociações, foi o que aconteceu com Adobe e Broadcom. Para a primeira, o catálogo de 11 produtos e serviços mais contratados no governo traz desconto médio de 22,49% em relação às vendas realizadas nos últimos três anos. No caso da Broadcom, a lista tem 11 produtos e serviços da Symantec e a redução foi de 21,67%. 

Os catálogos com limite de preços para produtos adquiridos da Microsoft e Qlik já estão publicados no portal do Governo Digital – em www.gov.br/governodigital/pt-br/contratacoes/catalogo-de-solucoes-de-tic. Nas contas da SGD, os acordos anunciados trarão economia de pelo menos R$ 112 milhões em 2020. 


Liminar suspende processo de liquidação do Ceitec pelo governo Bolsonaro

Justiça Federal no Rio Grande do Sul acatou pleito em ação civil pública e determinou a suspensão da assembleia que nomearia liquidante da estatal do chip, localizada em Porto Alegre.

Bolsonaro recoloca Jarbas Valente no comando da Telebras

Ex-conselheiro e vice-presidente da Anatel deixou a estatal para ser substituído por Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, em abril de 2019, mas, agora, retoma à companhia com a nomeação do coronel para a direção da Agência Nacional de Proteção de Dados.

BNDES vai pagar R$ 8 milhões para preparar a venda do Serpro e da Dataprev

Consórcio vencedor reúne Accenture, a multinacional de RP Burson-Marsteller e o escritório Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados.

Governo alega prejuízo de R$ 10 bi e vai ao STF contra desoneração da folha

Benefício, que acabaria este ano, foi prorrogado para dezembro de 2021, por decisão do Congresso Nacional, que derrubou o veto do governo. A desoneração da folha é considerada essencial para as empresas de TI e Telecom. Governo diz que medida é inconstitucional.

À espera de correção no imposto sobre componentes, indústria maneja estoques

Segundo Abinee, com a demora na publicação de nova resolução Gecex, fabricantes postergaram embarques para evitar imposto de importação. Ministério da Economia diz que novo texto já foi aprovado. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G