Clicky

INOVAÇÃO

União Europeia: inteligência artificial é feita por pessoas e não é infalível

Convergência Digital* ... 14/12/2020 ... Convergência Digital

O órgão de defesa dos direitos da União Europeia alertou sobre os riscos do uso de inteligência artificial (IA) no policiamento preditivo, diagnósticos médicos e publicidade direcionada, conforme o bloco desenvolve para o próximo ano regras para enfrentar os desafios impostos pela tecnologia.

Embora a IA seja amplamente utilizada por agências de aplicação da lei, grupos de direitos humanos dizem que também é usada regimes autoritários para vigilância em massa e discriminatória. Os críticos também se preocupam com a violação dos direitos fundamentais das pessoas e das regras de privacidade de dados.

A Agência Europeia de Direitos Fundamentais (FRA), sediada em Viena, pediu a parlamentares em relatório publicado nesta segunda-feira, 14/12, que fornecessem mais orientações sobre como as regras existentes se aplicam à IA e garantam que as futuras leis da IA protejam os direitos fundamentais.

“A IA não é infalível, é feita por pessoas - e os humanos podem cometer erros. É por isso que as pessoas precisam estar cientes quando a IA é usada, como funciona e como desafiar decisões automatizadas”, disse o diretor da FRA, Michael O’Flaherty, em declaração.

A agência disse que as regras sobre IA devem respeitar todos os direitos fundamentais, incluir uma garantia de que as pessoas podem contestar as decisões tomadas pela IA e que as empresas precisam ser capazes de explicar como seus sistemas tomam decisões.

Também afirmou que deveria haver mais pesquisas sobre os efeitos potencialmente discriminatórios da IA, para que a Europa pudesse se proteger contra isso, e que o bloco deveria esclarecer ainda mais como as regras de proteção de dados se aplicam à tecnologia.

* Com informações da Reuters


Cloud Computing
Banco Central elege Open Source e nuvem como bases da infraestrutura do PIX

A Red Hat, uma empresa da IBM, foi a vencedora da licitação feita pela Autoridade Monetária para a construção da arquitetura de TI do novo meio de pagamentos brasileiro. As novas funcionalidades do PIX, como transações de comércio eletrônico, também estão sendo desenvolvidas na plataforma Open Source.

Lei de Informática: governo faz ajustes que facilitam incentivos à pesquisa

Decreto recupera contabilização de dispêndios até março do ano seguinte e permite regime distinto, trimestral ou anual, por diferentes unidades do mesmo grupo. 

Câmara aprova marco legal das startups

Entre as inovações, empresas iniciantes poderão ser beneficiadas por regras diferenciadas de agências regulatórias como a Anatel. Texto vai ao Senado.

Ericsson processa Samsung por patentes em briga de até R$ 900 milhões

Impacto faz parte da projeção da fabricante sueca no lucro com royaltes que pode deixar de receber no trimestre.  Essa não é a primeira batalha entre as empresas. Em 2012, a Samsung pagou US$ 650 milhões à Ericsson.

Huawei: setor elétrico tem de priorizar cibersegurança para evitar apagões

Flávio Hott, gerente de produto para Energia da fabricante, disse ainda que smart grids em 4G, e depois no 5G, são investimentos efetivos para melhorar o desempenho operacional das redes.

Copel vai investir R$ 3,5 bi em redes inteligentes

Presidente da estatal, Daniel Slaviero, prevê também a chegada da compra direta de energia pelo consumidor até por celular, como ocorre na Europa. A partir de 02 de janeiro, começa a instalação dos medidores inteligentes em 450 mil unidades.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G