Clicky

Convergência Digital - Home

Covid-19 vai derrubar até 30% dos ganhos do uso da nuvem no 5G

Convergência Digital
Convergência Digital - 08/04/2020

As novas implementações tecnológicas em telecomunicações sofrem com a pandemia da Covid-19. A estagnação macroeconômica reduz  as vendas corporativas e já há a projeção de uma redução de 20% a 30% nas receitas de serviços de nuvem pelo impacto em ofertas digitais e na difusão de implementações de 5G. 

É o que aponta um relatório divulgado pela ABI Reseach e como resultado, o que antes era projetado na ordem de US$ 9 bilhões em receitas em 2020 deverá sofrer efeito significativo e perder entre US$ 2 bilhões e US$ 3  bilhões no curto prazo. 

“O mercado 5G estava crescendo mais rapidamente do que o antecipado e 2020 era esperado como ponto central da implantação comercial do 5G Standalone (SA) nas redes das operadoras de telecomunicações. Mas essa expectativa deve levar algum tempo para se materializar. Isso se deve, em parte, ao fato de que a Covid-19 vai quase certamente suspender testes e verificações de performance. No curto prazo, a indústria não terá alternativa a não ser proteger as receitas existentes”, diz a análise. 

A aposta, assim, deverá ser em projetos de pequena escala em busca de eficiência operacional sem o compromisso de aportes novos em redes 5G ou em software inteligentes. “No longo prazo, o abalo com a Covid-19 servirá de trampolim para alternativas de crescimento.”

Segundo a consultoria, não há dúvidas que a implantação do 5G e as soluções nativas de nuvem trazem a indústria a um novo limiar. Mas cedo ou tarde as empresas de telecom vão perceber que precisam preservar os negócios se quiserem se manter nessa fronteira. “Prosperidade e inovação vão ser baseadas em novas incursões sobre essa nova fronteira de maneira vertical ou serão viabilizadas por capacidades de alta complementaridade horizontal”, conclui. 


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Diversidade e Ciência de Dados: um desafio ao Brasil

Mais mulheres precisam ocupar carreiras em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática pelo bem do País, incentiva a embaixadora da Women in Data Science da USP (WiDS @USP), Renata Sousa.

Destaques
Destaques

Palo Alto: É um erro enorme repetir o passado e não tornar a nuvem aberta de verdade

"A nuvem tem de ser aberta, multicloud e não ter complexidade para os sistemas se falarem. Fizemos isso lá trás e foi um prejuízo. Não podemos errar porque nuvem é crucial no 5G", adverte Marcos Oliveira, diretor geral da Palo Alto Networks no Brasil. A empresa aposta suas fichas no 5G e num novo desenho para o mercado de segurança de redes.

Nuvem exige plano A, plano B e erra quem não faz recuperação de desastre

A nuvem não é proteção por si só e exige muito planejamento das empresas, afirmam especialistas de segurança da informação. Para o CISO da RNP, Emilio Nakamura, contingência e resiliência são obrigações. "Ser rápido num incidente é o relevante porque não existem sistemas 100% seguros".



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.

O caminho da cibersegurança passa pela nuvem

Por Felipe Canale*

Com organizações cada vez mais distribuídas, manter dispositivos em todos os locais ou usar produtos diferentes para trabalhadores remotos cria inúmeras brechas de segurança, além de custar muito e sobrecarregar os recursos de TI.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site