Clicky

NEGÓCIOS

Diebold Nixdorf: Dinheiro em espécie não vai morrer tão cedo

Da redação do 5x5 TecSummit ... 11/12/2020 ... Convergência Digital

O dinheiro em espécie ainda vai existir por muito tempo. Enquanto isso, a tecnologia dos caixas eletrônicos segue evoluindo, pois bancos e fintechs continuam precisando oferecer aos seus clientes um meio de sacar e depositar papel moeda. A Diebold Nixdorf, uma das principais fabricantes de ATMs no Brasil, vem apostando na renovação do parque de caixas eletrônicos do País por modelos com recicladores. Trata-se de um equipamento capaz de contar as cédulas depositadas, substituindo o processo atual, no qual o dinheiro é depositado em envelopes que precisam ser encaminhados para o banco para contagem.

“O que leva um banco a investir em um reciclador é o TCO (total cost of ownership). O reciclador traz retorno financeiro forte, porque diminui a necessidade de abastecimento do equipamento, pois ele se abastece sozinho. Temos casos de agências que recebiam três visitas por semana de carro-forte, e agora recebem duas vezes por mês. Isso libera também a fila no caixa, que fica disponível para outras funções”, argumenta Matheus Neto, gerente de soluções de hardware da Diebold Nixdorf. O executivo participou de painel sobre investimento em tecnologia no setor financeiro durante o 5×5 TecSummit, nesta quinta-feira, 10.

O Brasil tem hoje cerca de 180 mil caixas eletrônicos. No começo do ano, cerca de 8% deles, ou 15 mil, possuíam recicladores. A expectativa é fechar o ano de 2020 com 21 mil recicladores, ou 12% da base. E dentro de cinco anos serão 40 mil, projeta o executivo.

5×5 TecSummit

O 5×5 TecSummit é um evento online organizado em uma parceria de cinco sites de jornalismo especializado em TI e telecom: Convergência Digital, Mobile Time, Tele.síntese, Teletime e TI Inside. O seminário discute tendências em tecnologia em cinco verticais: governo, saúde, energia, finanças e entretenimento. Inscreva-se gratuitamente e assista todo o conteúdo produzido pelo 5x5 TecSummit.


TI da América Latina será última a se recuperar da pandemia de Covid-19

Gastos globais de tecnologia da informação em 2021 já serão maiores que 2020, mas na China, EUA e Europa. Na América Latina, Brasil incluído, a recuperação só virá em 2024, aponta o Gartner.

Em reviravolta na Suprema Corte, Google derrota Oracle em ação bilionária pelo uso da Java

Por maioria de 6 a 2, a Suprema Corte dos Estados Unidos conclui que APIs são “significativamente diferentes” de outros programas de computador e rejeitou cobrança por violação de direito autoral. 

Intelsat contrata e abre centro de suporte a clientes no Brasil

Para o centro brasileiro, localizado no Rio de Janeiro, a empresa de satélite contratou 10 funcionários, que serão responsáveis pelo atendimento a clientes no país e em toda a América Latina.

Competitividade: o mantra do Brasil no jogo da economia digital

Em entrevista à CDTV, o executivo falou sobre os três objetivos estratégicos para 2021: reforma tributária digna para desonerar o emprego; formação de talento e medidas para garantir o uso intensivo de dados.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G