Home - Convergência Digital

NTT DoCoMo é a primeira grande operadora a desistir do MWC 2020

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo* - 10/02/2020

Se até agora apenas os fabricantes estavam abrindo mão de participar do Mobile World Congress 2020, que acontece de 24 a 27 de fevereiro, em Barcelona, como Ericsson, LG, Sony, Amdocs, Nvidia e outras, agora acontece uma desistência de forte impacto: a japonesa NTT DoCoMo anunciou que não irá ao MWC por conta do coronavírus. Essa desistência é pesada: são as operadoras e seus projetos que fazem a diferença no MWC.

"A NTT Docomo está comprometida com a segurança de clientes, empresas parceiras e funcionários. Atualmente, o impacto do novo coronavírus está se expandindo. Considerando a segurança dos visitantes, empresas parceiras e expositores, decidimos cancelar a exposição", reportou a operadora japonesa em comunicado distribuído nesta segunda-feira, 10/02.

Em nota publicada neste domingo, 9, a GSMA, organizadora do evento, reafirmou a realização do MWC e reafirmou que as principais fornecedoras chinesas já estão adotando medidas extra de segurança. "A GSMA sabe que o coronavírus criou perturbações, especialmente para expositores e participantes de todo o mundo, incluindo os 5.000-6.000 (5-6%) que historicamente vêm da China. Nossa simpatia é com todos os afetados. Também somos gratos pelas medidas preventivas adotadas por nossos expositores chineses, principalmente a ZTE e a Huawei", afirmou a entidade.

Em cooperação com as autoridades de saúde espanholas e outras agências, a GSMA anunciou uma série de medidas extra de proteção, incluindo a proibição de viajantes da província de Hubei (a mais afetada pelo coronavírus) no evento. Já todos os viajantes que estiveram na China precisarão provar que estão fora da país há pelo menos 14 dias, além de comprovar que não entraram em contato com ninguém infectado.

Um programa de limpeza e desinfecção em pontos-chave do evento também será implementado, além de um aumento na equipe médica, que dobrará. Outra medida adotada será a triagem de temperatura dos participantes. A GSMA aproveitou ainda o comunicado para reforçar que a região da Catalunha não é considerada uma área de risco pelo governo da Espanha.

*Com agências de notícias e GSMA

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/02/2020
Coronavírus faz GSMA cancelar a edição do Mobile World Congress 2020

11/02/2020
Facebook, AT&T, Sprint e Intel estão fora do MWC 2020

10/02/2020
NTT DoCoMo é a primeira grande operadora a desistir do MWC 2020

11/03/2019
Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

07/03/2019
5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

07/03/2019
Celulares dobráveis dão respiro esperado à indústria de smartphones

01/03/2019
Korea Telecom: 5G reconstrói os negócios com o mercado B2B

01/03/2019
Mais que frequência, 5G exige muita fibra e muita nuvem

27/02/2019
Huawei leva IA para data center e reduz custo de energia em 15%

27/02/2019
5G em faixa milimétrica trará pelo menos R$ 37 bilhões ao Brasil até 2024

Destaques
Destaques

Bloqueio de celular pirata não impediu disparada de 344% no mercado cinza

Segundo dados da IDC Brasil, o resultado de 2019 indica que o aperto no bolso dos brasileiros foi maior que o da fiscalização. Entre os modelos mais baratos, no entanto, o mercado “paralelo” caiu. 

5G vai movimentar mais de R$ 5 trilhões até 2025

Segundo estimativas da GSMA, 80% desse valor será concentrado no investimento nas redes de nova geração. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site