Clicky

Home - Convergência Digital

Tráfego móvel cai com maior dependência do Wi-Fi

Luís Osvaldo Grossmann - 06/10/2020

O isolamento social provocado pela pandemia de Covid-19 levou os brasileiros a dependerem ainda mais de redes Wi-Fi, mesmo se o dispositivo de navegação é um telefone celular. É o que aponta um novo levantamento da britânica OpenSignal, segundo o qual o consumo de dados móveis caiu 15% desde março.

“No Brasil, a partir da segunda quinzena de março, observamos tendências divergentes entre as duas métricas: a média de dados móveis consumidos por nossos usuários brasileiros diminuiu cerca de 15% em comparação com o início de fevereiro, enquanto a velocidade média de download dos usuários aumentou por uma quantia semelhante.”

Diz ainda o estudo que “os usuários de smartphones no Brasil gastavam cerca de 75% do tempo conectados a redes Wifi, em média”, desde que as restrições de movimento foram introduzidas. “Isso sugere que uma boa parte do tráfego que normalmente consumiriam nas redes móveis foi consumida no Wi-Fi”, completa a Open Signal.

Essa tendência de consumo reduzido de dados móveis, mas com velocidades de download mais altas, foi observada em vários países da América Latina, além do Brasil, como Argentina, Equador e México, mas também em países de perfil distinto como Taiwan. 

Os usuários nesses países, em média, “reduziram a quantidade de dados móveis que consumiam desde que as restrições de movimento foram introduzidas, e observamos um aumento significativo na velocidade média de download dos usuários em dispositivos móveis”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/12/2020
STJ: É possível responsabilizar Google por postagem no Orkut anterior ao Marco Civil

01/12/2020
Canadá não quer esperar acordo global e vai cobrar imposto da internet em 2022

26/11/2020
Proliferação de serviços streaming faz crescer o “consumidor bumerangue”

26/11/2020
Senado volta a pedir penas mais duras aos crimes cometidos pela Internet

23/11/2020
Gov.br, plataforma base das assinaturas digitais, chega a 84 milhões de cadastros

19/11/2020
Tribunal de Contas Europeu admite falhas nas ações antitruste contra gigantes da internet

12/11/2020
Fraude pela internet a partir do exterior é competência da Justiça Estadual

12/11/2020
STJ: Rede social não pode ser multada por não fornecer dados que não existem

21/10/2020
NIC.br divulga série de animações que incentivam uso seguro da internet

15/10/2020
França e Holanda pressionam Europa por agência reguladora para Google e Facebook

Destaques
Destaques

Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

Ondas milimétricas não apenas uma banda a mais para o 5G, mas são a base das novas aplicações com baixíssima latência, diz Francisco Soares, da Qualcomm. Wilson Cardoso, da Nokia, adverte que, até 2025, serão instaladas 200 mil ERBs para atender verticais específicas como a indústria 4.0.

Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

"Não há como fazer obrigação em cibersegurança. O ambiente tem de ser cooperativo e não é apenas com as teles. São mais de 10 mil pequenos prestadores de serviços e eles têm de estar ativos. Temos de ter uma coordenação entre todos os atores", disse o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G precisa ser aberto e transparente

Por Fabio Rua

É possível afirmar que estamos vivendo um momento extremamente crucial na história da tecnologia, ainda mais após todo o processo de aceleração digital e transformação exigidos durante o período da pandemia de COVID-19. As decisões que tomarmos hoje sobre como as redes 5G serão construídas em nosso país terão um impacto sem precedentes na transformação dos negócios.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site