Clicky

Convergência Digital - Home

Armazenamento por serviço: um mercado em alta com privacidade de dados

Convergência Digital
Da redação - 08/07/2020

A demanda do consumo flexível de ofertas de infraestrutura local e infraestrutura como serviço (IaaS) vai crescer 10% em 2021,revela a IDC, em estudo patrocinado pela Zadara, provedora de serviços na nuvem. Segundo a consultoria, o mercado tem o desejo de combinar os benefícios da nuvem pública com a segurança da infraestrutura local, mas também terá de se adequar às novas regras de conformidade, como a imposta pela SEC norte-americana, equivalente a nossa CVM, ao determinar que equipamentos alugados sejam incluídos nos balanços patrimoniais das empresas de capital aberto.

Os dados do Global StorageSphere da IDC mostram que a base instalada de capacidade de armazenamento deve crescer 18,4% ao ano entre 2018 a 2023, o que resultará em uma base instalada de capacidade de armazenamento de 11,7 ZB em 2023, em comparação com 5,0 ZB apurados em 2018, mais do que dobrando durante o período da previsão.

A consultoria observa que a percepção sobre dados armazenados mudou. Até entao entendidos como um mal necessário, com custos e riscos associados, agora, são percebidos como um ativo para ajudar a permitir novos insights sobre avanços tecnológicos, novos produtos ou serviços, geração de receita, aprimoramentos na produtividade e otimização de custos. A questão, adverte a IDC, é que esses dados são diversos e complexos e, em muitos casos, exigem ferramentas e habilidades avançadas para obter os insights de maneira oportuna eeconômica.

Quem também vai mudar esse mercado são as legislações de proteção de dados pessoais. As regras de conformidade como a GDPR na Europa, a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia, de 1º de janeiro de 2020, e a brasileira LGPD, pontua a IDC, vão exigir conformidade às empresas e aportes em governança e segurança dos dados e são oportunidades reais para o incremento da oferta de serviços de armazenamento por serviço e uma nova maneira de fazer negócio com infraestrutura, completa a consultoria.


Destaques
Destaques

Multinuvem do Serpro vai concorrer com a do Ministério da Economia

Estruturada a parceria com AWS, Huawei e Azure, da Microsoft, estatal passa a disputar contratos com órgãos públicos, em briga direta com nuvem licitada e gerida pela Secretaria de Governo Digital.

Por que se tornar uma empresa data-driven?

Data-driven ou orientada a dados. É esse o novo lema das companhias que, cada vez mais, estão armazenando e analisando dados em busca de insights de negócios. Mas o que as empresas devem fazer para abraçarem os dados de forma a promover benefícios estruturais e longevos? A resposta não é simples.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site