Clicky

Convergência Digital - Home

Insper cria pós-graduação para formar cientistas de dados

Convergência Digital
Convergência Digital* - 29/07/2020

O contexto da pandemia evidenciou ainda mais a importância de se ter informações confiáveis e entender como funcionam modelos preditivos, que permitem realizar previsões a partir de análise de dados, para saber como tomar as melhores decisões em momentos de incerteza.

"Neste cenário, a profissão de cientista de dados ganha ainda mais importância, já que a tomada de decisão embasada em evidências se mostra uma das maneiras mais efetivas para solucionar problemas e gerir negócios", conta Eduardo Barbosa, coordenador do Programa Avançado em Data Science e Decisão do Insper. "O profissional que tem a habilidade de acessar dados e extrair informações que embasam a tomada de decisão é alguém muito procurado hoje em dia", completa.

De acordo com Eduardo, é possível dividir, em estágios diferentes, a colaboração de um cientista de dados para o alcance das melhores soluções. "Temos o entendimento do problema e a coleta dos dados, o desenvolvimento da solução e a entrega final que embasa uma tomada de decisão. Um bom cientista de dados tem uma base técnica sólida e domina o ferramental computacional e estatístico conseguindo construir uma boa solução, mas ele também tem a habilidade de entender problemas e comunicar a solução de maneira a gerar valor em sua empresa".

Para formar os melhores cientistas de dados do mercado, o Insper desenvolve o Programa Avançado em Data Science e Decisão, Pós-graduação Lato Sensu com o intuito de formar profissionais que apoiem as decisões de executivos por meio de modelagem estatística para explicar o problema ou oportunidade em foco, utilizando os dados que extrairá, organizará e combinará por meio de sistemas de processamento.

Durante este processo, o cientista de dados utiliza métodos de design (aplicados à ciência dos dados) na interação com os stakeholders relacionados com o problema ou a oportunidade. "O curso é inteiramente baseado em aplicações práticas em R e Python e conta com um corpo docente de ponta, que combina a solidez acadêmica com a experiência no mercado de trabalho de uma forma que apenas o Insper pode proporcionar. Além disso, durante as aulas, temos a participação de um professor auxiliar que ajuda os alunos individualmente em cada passo necessário", ressalta Eduardo.


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Destaques
Destaques

Brasil investe muito pouco em Inteligência Artificial

O aporte previsto no País é de R$ 70 milhões, muito abaixo, por exemplo do que está sendo feito em países como China, Coreia e Espanha, lamentou o consultor de IA, Eduardo Prado, ao participar do 5x5 TecSummit. Ele advertiu que a transformação digital não acontecerá sem que se mexa nas cabeças das pessoas.

AWS: Nuvem reduz custos em 61% e aumenta eficiência da TI em 74%

O diretor geral da AWS Brasil, Cleber Morais, enfatiza que 2020 foi o ano da disparada na transformação digital e destaca que as instituições financeiras da América Latina estão investindo 76% acima do ano passado em IaaS, PaaS e SaaS. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O desafio de administrar toda a rede a partir da nuvem

Por Ed Solis*

De acordo com a consultoria Omdia, o mercado de redes gerenciadas em nuvem cresce a uma taxa anual composta de 28,7%, com receitas de equipamentos previstas em US$ 5,5 bilhões

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site