TELECOM

Cidade do Rock 5G registrou 11,6 milhões de conexões em rede WiFi gratuita

Convergência Digital* ... 07/10/2019 ... Convergência Digital

O consumo de dados na rede implantada pela Oi no Rock in Rio alcançou 173,24 Terabytes durante toda a operação da companhia no evento. O volume equivale a mais de 46,8 milhões de fotos em alta definição e é 2,34 vezes superior ao tráfego de dados registrado pela operadora em toda a Copa do Mundo da FIFA de 2014 no Brasil.

O Nickelback, que se apresentou na noite de domingo (dia 6), foi o show mais conectado, com recorde de acessos simultâneos no Oi WiFi – mais de 19,5 mil conexões simultâneas. Já a atração que registrou o maior volume de dados trafegados foi o show da cantora carioca Anitta, com 1,8 TB (ver tabela abaixo). Em todo o evento, a Oi registrou mais de 11,6 milhões de conexões ao Oi WiFi gratuito e aberto ao público. Foi a primeira vez que o público do Rock in Rio, estimado em 100 mil pessoas por dia, pôde estar conectado por uma rede de WiFi gratuita, disponível para clientes de qualquer operadora.

A Oi instalou mais de 56 quilômetros de fibra ótica para atender exclusivamente o evento; mais de 800 equipamentos, em parceria com a Huawei. A infraestrutura contou ainda com mais de 620 antenas e outros 200 aparelhos, conectados através da fibra da Oi, permitindo a comunicação do evento com a rede de transporte de dados da companhia, que conecta todos os estados do Brasil com seus mais de 360 mil quilômetros de fibra ótica.

Cidade do Rock virou Cidade 5G

A Cidade do Rock se transformou na primeira cidade 5G do Brasil, graças a uma rede implantada pela Oi para testes e experiências de uso da nova tecnologia. Quinta geração da conexão móvel, ainda não disponível no Brasil, o 5G foi usado pela equipe de conteúdo do evento para a cobertura em suas redes sociais, com lives diárias e posts na sessão “Por trás das Câmeras”. As postagens mostraram os bastidores do que aconteceu durante as 14 horas diárias de festa no maior festival de música e entretenimento do mundo, com mais de 250 atrações espalhadas por nove palcos.

“Estamos bastante satisfeitos por termos garantido a infraestrutura responsável por toda a conectividade de um festival com a magnitude do Rock in Rio, como já havíamos feito em outros grandes eventos. Trata-se de um serviço estratégico num evento com esse perfil de público, que quer compartilhar o tempo todo pelas redes sociais a experiência que está vivenciando”, afirmou José Claudio Moreira Gonçalves, diretor de Operações da Oi.


Internet Móvel 3G 4G
Time inglês quer usar Zoom para ter 2 mil torcedores na luta contra o rebaixamento

West Ham negocia com a direção da Premier League para ter torcida no estádio via aplicativo de videoconferência. A volta do campeonato inglês ainda não tem data marcada, mas clube quer driblar o isolamento social com a tecnologia.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

STF usa caso de lei paulista para cassar decisões sobre antenas no Rio, Minas e DF

Relator de três ações similares, Gilmar Mendes adotou o mesmo entendimento firmado pelo Supremo quando derrubou legislação estadual de São Paulo que restringia instalação de antenas de celular. 

Algar Telecom contabiliza aumento de 26% na carteira de clientes B2B

Operadora diz que não sentiu efeito da Covid-19 nos resultados do primeiro trimestre, mas reforçou o caixa como forma de precaução, com a emissão de R$ 150 milhões em debêntures em abril. O objetivo da captação foi garantir um colchão para “o cenário de incertezas”.

MPF quer que STF autorize acesso a dados de celular sem ordem judicial

Para MPF, é lícito extrair informações dos aparelhos no momento da prisão de suspeitos. 

Ericsson: Compartilhamento de espectro permite 5G às teles antes do leilão

Fabricante diz que, com as frequências do 4G é possível habilitar o 5G antes da licitação da faixa de 3,5GHz. Sobre o leilão 5G, a Ericsson diz que a decisão, ao final, será das operadoras. "Mas temos que tomar o cuidado para não ficarmos para trás", disse o presidente da Ericsson Latam Sul, Eduardo Ricotta.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G