Clicky

Home - Convergência Digital

Empresa nacional de IoT recebe aporte da KPTL e da Wayra

Convergência Digital - 16/10/2020

A gestora KPTL, por meio do Fundo Criatec 3, anunciou nesta sexta-feira, 16/10, sua mais nova investida em um coinvestimento com a Wayra, hub de inovação aberta da Vivo no Brasil e da Telefônica no mundo. É Ativa Soluções, empresa mineira especializada em fornecer soluções de conectividade em tempo real, que desde 2004 tem a tecnologia IoT como força motriz. Dedica-se a pesquisar e desenvolver equipamentos para Internet das Coisas (IoT - Internet of Things), e Machine-To-Machine (M2M). A meta é monitorar e gerir a infraestrutura instalada em empresas remotamente. Os valores aportados não foram revelados.

Atualmente, a ATIVA Soluções tem 62 funcionários e mais de 1 milhão de equipamentos em atividade por todo o Brasil e até mesmo em países como Estados Unidos, México e Chile. Seus sistemas estão segmentados em verticais como: Saneamento, Energia Elétrica, Óleo e Gás, Telecomunicações, Transportes, Meio Ambiente, Agronegócio, Educação e Saúde. Entre os principais clientes estão empresas líderes em seus segmentos, como Vivo, que lançou recentemente o Vivo Clima Inteligente, BRK Ambiental, NEOENERGIA, Hyundai Rotem Brasil, CAF e CPFL.

O grande diferencial da ATIVA Soluções é combinar o hardware robusto e resistente a uma plataforma de gestão eficaz em tempo real, ambos desenvolvidos internamente. Conectados à infraestrutura e ao maquinário dos clientes, os equipamentos desenvolvidos pela empresa realizam desde a coleta de dados podendo até agir no equipamento à distância, automatizando da sua operação. Adaptáveis, estes equipamentos conectam-se automaticamente ao Sollus, o software de gestão da ATIVA Soluções. Com ele, configura-se os equipamentos remotamente, e é possível realizar a transmissão, processamento, análise e apresentação dos dados captados pelos sensores por meio de uma página web totalmente amigável e fácil de usar.

Para o fundador e CEO da ATIVA Soluções, Edson José Rennó Ribeiro, a diversificação só foi possível graças a uma trajetória sólida. "Nosso negócio é gerenciamento remoto e evoluindo tecnologicamente nas suas versões e segmentos. Conseguimos verticalizar nossas soluções para atender várias áreas, ampliando a possibilidade de mercados e clientes. Do setor de telecomunicações passamos a atuar em empresas de gás, saneamento, transporte, energia elétrica e no agronegócio", explica Ribeiro. Segundo ele, o objetivo com o aporte é aperfeiçoar políticas internas de governança e aumentar a musculatura da companhia nessas verticais.

Renato Ramalho, CEO da KPTL, conta que a gestora tem 10 empresas investidas com soluções em Internet das Coisas, mas já passaram pela casa cerca de 15 nessa categoria de produto, em diversos setores, como agro, energia e telecomunicações. "A KPTL tem um portfólio muito relevante em IoT. A ATIVA tem um histórico que faz sentido para a KPTL e muito do que a gente gosta, uma propriedade intelectual consistente que se debruça sobre várias verticais relevantes. É um ótimo case de IoT olhando para verticais importantes da economia brasileira", equaciona Ramalho.

"Acreditamos na ATIVA Soluções desde quando a empresa foi selecionada no programa Agro IoT Lab, que rodamos em parceria com a Vivo, Ericsson, Raízen, Pulse e ESALQTec, em Piracicaba. A Wayra como hub de inovação aberta da Vivo junto ao ecossistema de startups, viu forte sinergia e complementariedade entre as empresas para oferecer novas soluções B2B em diversos segmentos como Telecomunicações, Gás, Energia, Agro e Indústria 4.0 dentre outros, utilizando tecnologias de IoT, telemetria e M2M (Machine-to-Machine). O investimento na Ativa reforça esta parceria, pois acreditamos no seu alto potencial de negócios e escalabilidade", afirma Livia Brando, Country Manager da Wayra Brasil.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/12/2020
Provedora de IoT Cubic Telecom contrata infraestrutura da TIM para atuar no Brasil

19/11/2020
Congresso aprova isenção de taxas para internet das coisas até 2025

17/11/2020
Senado pauta PL do Fust e isenção de taxas para IoT

29/10/2020
Nova regra da Anatel reforça que IoT é valor adicionado para fugir de ICMS

23/10/2020
Proteja os seus dispositivos IoT. A LGPD chegou e pode pesar no bolso

20/10/2020
Governo dá ultimato para isenção de imposto para Internet das Coisas

16/10/2020
Empresa nacional de IoT recebe aporte da KPTL e da Wayra

14/10/2020
Carrier elege AWS e une nuvem, IoT e coleta de dados

13/10/2020
Por mais vigilância, governos planejam gastar US$ 15 bilhões em IoT ainda em 2020

06/10/2020
TIM cria marketplace para Internet das Coisas no Brasil

Destaques
Destaques

Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

Ondas milimétricas não apenas uma banda a mais para o 5G, mas são a base das novas aplicações com baixíssima latência, diz Francisco Soares, da Qualcomm. Wilson Cardoso, da Nokia, adverte que, até 2025, serão instaladas 200 mil ERBs para atender verticais específicas como a indústria 4.0.

Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

"Não há como fazer obrigação em cibersegurança. O ambiente tem de ser cooperativo e não é apenas com as teles. São mais de 10 mil pequenos prestadores de serviços e eles têm de estar ativos. Temos de ter uma coordenação entre todos os atores", disse o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G precisa ser aberto e transparente

Por Fabio Rua

É possível afirmar que estamos vivendo um momento extremamente crucial na história da tecnologia, ainda mais após todo o processo de aceleração digital e transformação exigidos durante o período da pandemia de COVID-19. As decisões que tomarmos hoje sobre como as redes 5G serão construídas em nosso país terão um impacto sem precedentes na transformação dos negócios.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site