GESTÃO

Capgemini: LGPD vai viabilizar open banking no Brasil

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 24/06/2019 ... Convergência Digital

O uso de APIs para o compartilhamento de dados entre diferentes soluções financeiras, comumente chamado de ‘open banking’, é um caminho natural para as instituições bancárias em geral, mas ganha um reforço fundamental no Brasil com a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados.

“A Lei Geral de Proteção de Dados é a regulamentação necessária para que o open banking consiga ser uma realidade. Não adianta pedir para banco expor dados de clientes sem uma regulamentação relativamente rígida. E os bancos precisam cumprir para que os consumidores tenham segurança que os dados estão sendo utilizados de forma correta”, afirmou o vice- presidente de Serviços Financeiros da Capgemini, David Cortada, durante entrevista realizada no CIAB Febraban.

Ele lembrou que esse é um movimento que pega tanto os fornecedores antigos quanto os novos. “O open banking não é limitado aos atores digitais. Os atores tradicionais e as fintechs estarão envolvidos nessa mudança”, insistiu o executivo. Assistam à entrevista com o vice-presidente da Capgemini, David Cortada.


eSocial: Alterações relativas à contribuição previdenciária estão no ambiente de testes

O comitê do eSocialdiz que para permitir que empregadores e desenvolvedores façam testes foram estabelecidas datas fictícias relativas às faixas de salário de contribuição.

Aplicativo do governo mostra devedores da União e FGTS

Batizado ‘Dívida Aberta’, app para celulares e tablets permite consulta por nome, CPF ou CNPJ, ou mesmo pelo mapa do Brasil. 

Em mais uma etapa, BNDES ganha competência para vender ações da Dataprev

Portaria 1.675/20,  da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, lembra que o banco de fomento é o gestor do Fundo Nacional de Desestatização

Secretário de Desestatização acusa Serpro e Dataprev de venderem dados pessoais

"Se fosse (empresa) privada não aconteceria", alegou o Secretário de Desestatização do Governo Bolsonaro, Salim Mattar, em entrevista à radio Gaúcha. Fenadados promete processar Mattar por calúnia.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G