Clicky

OPINIÃO

Pagamento Instantâneo e carteiras digitais e os desbancarizados

Por marco Zanini*
18/05/2020 ... Convergência Digital

Muitas pessoas que ainda hoje olham para os bancos como lugares inacessíveis serão os maiores beneficiados do Pagamento Instantâneo (PIX), que entrará em vigor a partir de novembro de 2020. O novo sistema de pagamento, com a fase de testes começando agora em junho, foi idealizado pelo Banco Central e desburocratizará o atual sistema de transações de fundo do país. Segundo informações de especialistas do mercado financeiro, o PIX permitirá transações de pagamentos praticamente em tempo real e com baixa taxa de operação, chegando a zero. O novo sistema será uma ferramenta revolucionária no mercado.  

Hoje mais de 900 bilhões de reais são movimentados pelo uso do dinheiro em espécie por uma fatia da população que não tem acesso ao modelo tradicional de contas em bancos. No entanto, em época de pandemia mundial e de transformação digital, o mundo físico é migrado para o digital, e o novo sistema de pagamento instantâneo, associado aos mobile banks e, principalmente, às carteiras digitais simplificará e agilizará a oferta de comodidade no modelo de transações financeiras para o indivíduo.

Para abrir uma conta nas carteiras digitais, basta um simples CPF ou um número de telefone cadastrado. Essa facilidade permite a inclusão financeira e digital de um número cada vez maior de pessoas não bancarizadas. Acontece que esse universo das carteiras estava restrito ao universo de recebedores e pagadores, e nesse ecossistema era necessário ter um volume específico de transações, para que se pudesse receber, pagar suas contas e realizar compras por meio da carteira.

Com a entrada no ar do PIX, o novo meio de transferência instantâneo de fundos, seja ele para pagar uma conta de consumo, efetuar uma compra de utensílios, alimentos, ou, até mesmo para transferir dinheiro de uma pessoa para outra, os cidadãos poderão pagar e receber através de uma carteira digital ou conta bancaria. Neste cenário as pessoas que hoje se encontram à margem do sistema financeiro serão inseridas no uso do novo recurso financeiro e tecnológico, que permeia a sociedade do Século 21.

Efetuar o pagamento pelo celular no PIX será algo convidativo, prático e evitará os riscos que já conhecemos no uso do dinheiro em espécie. Em breve, até mesmo o Governo poderá efetuar pagamentos aos cidadãos utilizando as carteiras digitais para os não "bancarizados". A tecnologia cada vez mais avançada rompe barreiras e coloca toda uma rede de pessoas, dos mais variados universos como, sociais, econômicos, educacionais, políticos e ideológicos, no mesmo patamar a um "QR Code" de distância. O PIX chega em tempos de crise financeira e de saúde pública, mas suas funcionalidades trarão benefícios relevantes para toda a sociedade.

Do outro lado da mesa, as novas carteiras digitais trabalham em ritmo alucinante com os preparativos para colocar esse novo sistema operando com total segurança. É bom lembrar que as novas tecnologias também podem facilitar as fraudes, caso não sejam bem estruturadas. Isso possibilita vazamentos de informações, perdas financeiras e de imagens incalculáveis para as empresas envolvidas. E que, portanto, toda essa cadeia de fornecedores desse novo sistema de pagamento, deve estar atenta desde o início do processo. Colocar no ar toda essa tecnologia a serviço da sociedade e esquecer da segurança do sistema é um alto risco para o negócio.

De maneira geral, o PIX é a boa notícia do momento para a população e também para o mercado corporativo. Com ele em operação, muitas facilidades e oportunidades de negócios acontecerão.

*Marco Zanini é CEO da DINAMO Networks, especializada em segurança para identidade digital e criptografia.


Carreira
Vagas de emprego remoto disparam 215% na pandemia

Destaque é para postos em programação ou para desenvolvedores em diferentes linguagens como Java, PHP e para dispositivos móveis, segundo levantamento do site de empregos Indeed.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G