Home - Convergência Digital

Campina Grande, na Paraíba, recebe laboratório de 5G

Convergência Digital* - 17/10/2019

A TIM, em parceria com o VIRTUS (Núcleo de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Tecnologia da Informação, Comunicação e Automação) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e a Nokia, anunciou nesta quinta-feira, 17/10, a ativação do primeiro TIM 5G Living Lab do Nordeste. O projeto utiliza a nova tecnologia em rede real da operadora, conforme licença específica da Anatel. A cidade de Campina Grande (PB) foi a escolhida para abrigar o novo laboratório, o terceiro no Brasil, e que tem como foco a criação de soluções e inovação tecnológica em projetos de pesquisa e desenvolvimento nas áreas de software e automação.

“Com a ativação do terceiro projeto TIM 5G Living Lab, a operadora reitera seu compromisso com o Brasil para o desenvolvimento de aplicações, produtos e serviços de forma a promover desde já a tecnologia e novos modelos de negócios que melhorem a vida das pessoas e impulsionem o desenvolvimento do país frente ao cenário internacional”, afirma Janilson Bezerra, Head de Innovation & Business Development da TIM Brasil.

Para liderar um ecossistema favorável ao 5G no Brasil, a TIM optou por atuar no engajamento de empresas de tecnologias, fundações e instituições de pesquisas e ambientes empreendedores para o desenvolvimento de aplicações, produtos e soluções. As aplicações em rede de quinta geração dependerão de tecnologias especificas, como o Mobile Edge Computing (MEC), para viabilizar as altas taxas de transmissão de dados e a baixa latência. E, para isso, as competências na área de programação desenvolvidas no ambiente universitário serão cada vez mais relevantes na formação dos profissionais.

O VIRTUS e o ecossistema de PD&I junto ao Centro de Engenharia Elétrica e Informática da UFCG vêm desenvolvendo parcerias com empresas de diferentes setores há mais de 15 anos. A missão do VIRTUS é criar novas opções de futuro por meio de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica com parceiros da indústria, nas mais diversas áreas de tecnologia da informação, comunicação e automação. Em parceria com a Nokia, o VIRTUS vem atuando em soluções na área de computação na borda e IoT, com foco em diferentes domínios de aplicação, como educação e segurança. A partir dessa experiência, o próximo passo natural foi a integração com redes de alta velocidade através do TIM 5G Living Lab.

“A implantação do 5G Living Lab aqui em Campina Grande destaca novamente o pioneirismo da UFCG no desenvolvimento tecnológico regional. Com toda a experiência adquirida em projetos de PD&I no VIRTUS com diferentes parceiros da indústria, esperamos que esse novo lab se torne um vetor de soluções inovadoras, além de potencializar o desenvolvimento científico e tecnológico regional, com impacto nacional e internacional”, Danilo F. S. Santos, Presidente do Conselho Deliberativo do VIRTUS/UFCG.

“A tecnologia 5G trará casos de uso inovadores tanto em aplicações para indústrias quanto para consumidores finais. Ao aliar ultrabaixa latência, velocidade e alta capacidade, o 5G possibilitará uma série de benefícios para diferentes mercados respondendo a desafios de produtividade, segurança e disponibilidade de rede. A parceria TIM, Núcleo Virtus e Nokia vem para liderar essa implementação no Nordeste e reforçar o compromisso das empresas na rápida adoção desta tecnologia”, reforça Wilson Cardoso, Chief Solutions Officer da Nokia para a América Latina.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/07/2020
Faixa de 1,5 GHz também pode ser destinada ao 5G para uso privado

02/07/2020
TIM atendeu três milhões de chamadas usando o Watson, na nuvem pública da IBM

02/07/2020
Claro traz 5G com compartilhamento de frequência para o Brasil

30/06/2020
Vivo e TIM avançam com OpenRAN para 'quebrar' concentração dos fornecedores

30/06/2020
Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

29/06/2020
Vodafone: 5G é o remédio para combater o impacto da Covid-19

26/06/2020
'Dados do bem', para combate à Covid-19, une TIM e rede Open D'Or

25/06/2020
Covid-19 impôs revisão dos projetos 5G na América Latina

23/06/2020
Huawei: Brasil sempre teve um mercado aberto e justo no setor de TIC

19/06/2020
CEO da Algar: Banir fornecedor do 5G seria um tremendo equívoco

Destaques
Destaques

Oi Móvel terá um 'único' dono e Oi não se exclui do jogo do 5G

O CEO da Oi, Rodrigo Abreu, descartou a possibilidade de vender a Oi Móvel 'fatiada' para atender aos interessados: Vivo/TIM e Claro. "Sem chance. O ativo será vendido todo", disse. Sobre o 5G, diz que dependendo do modelo de venda, a Oi entra pensando em B2B, IoT e até para ser MVNO.

Regulamentação de IoT passa por tratar a coleta e a proteção dos dados

De acordo com a KPMG, será preciso ainda cuidar da avaliação de riscos, governança, gestão da configuração e gestão da cadeia de suprimentos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site