Ataque hacker interrompe operação da Avon, da Natura " /> Natura: Investigação ainda não concluiu se ataque hacker à Avon comprometeu dados pessoais - Convergência Digital - Segurança
SEGURANÇA

Natura: Investigação ainda não concluiu se ataque hacker à Avon comprometeu dados pessoais

Ana Paula Lobo ... 12/06/2020 ... Convergência Digital

A Natura, dona da Avon, foi mais uma vez à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta sexta-feira, 12/06, para informar que planeja reiniciar alguns dos seus sistemas afetados pelo ataque hacker, reportado no dia 09 de junho, já na próxima semana.

A companhia, no entanto, diz que ainda não pode informar se houve comprometimento de dados pessoais, já que ainda avalia a extensão do que chama de incidente cibernético.

A Natura termina o informe dizendo que o site de comércio eletrônico não armazena informaões de cartão de crédito, e que por isso, não acredita em dados roubados. A Avon segue com a investigação para apurar o incidente cibernético. Companhia não revela o tipo do ataque hacker sofrido.


Prejuízo médio com violação de dados sobe para R$ 5,8 milhões no Brasil

Estudo da IBM mostra que o aumento no valor foi de 10,5% em relação a 2019. O levantamento traz uma advertência: aumentou o prazo para contenção do vazamento nas empresas para 115 dias. Credenciais roubadas ou nuvens com configurações incorretas foram as brechas para as invasões.

Segurança digital faz Oi ultrapassar a marca de 125 mil elementos monitorados em SOCs

SOCs, localizados no Rio de Janeiro e São Paulo, dão suporte à jornada digital de clientes públicos e privados e registrou um crescimento de 132% nas vendas de serviços gerenciados voltados à transformação digital.

PGFN alerta que é alvo de tentativa de fraude

Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional informa que nunca entra em contato para pedir doações ou para tratar de questões como pagamento de benefícios e auxílios ou restituição e resgate de valores.

Por Covid-19, biometria é excluída das eleições 2020 pelo TSE

Decisão foi tomada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luis Roberto Barroso, em função do risco de contágio da Covid-19. Os leitores lde impressões digitais não podem ser higienizados a cada utilização, o que seria um risco considerável.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G