Clicky

TelComp: Há temas negligenciados no debate sobre o 5G no Brasil

Ana Paula Lobo* ... 22/01/2020 ... Convergência Digital

O leilão 5G acontecer este ano ou em 2021 não é a questão central nem deveria ser os motivos de críticas ao governo e à Anatel, afirma informe da TelComp, distribuído nesta quarta-feira, 22/01. Mas, sim, o fato de existirem assuntos - importantes- negligenciados no Brasil.

A entidade enumera como temas negligenciados a regularização do uso de postes, onde o consenso entre os atores distribuidoras de energia, operadoras de telecom e operadoras competitivas está longe de ser conseguido e a implantação de antenas, ainda motivo de disputa com os municípios que não respeitam a lei federal. "Estes temas não podem esperar mais, pois são pré-requisitos determinantes para o sucesso do lançamento comercial da 5G", pontuou a Associação.

A TelComp também alertou que três das quatro grandes teles no país seguem explorando oportunidades de compartilhamento de radiofrequência e outros elementos de redes, com o intuito de reduzir custos e alavancar retorno sobre investimento.

"São alternativas válidas e cada vez mais importante na era 5G, mas que exigem muita atenção sobre aspectos concorrenciais", reportou a TelComp. Para a entidade, se o leilão 5G acontecer no começo de 2021, não haverá prejuízos ao mercado e aos consumidores, uma vez que a oferta comercial dos serviços 5G só será significativa mais à frente. O edital do 5G será tema de discussão na reunião da Anatel, agendada para o dia 06 de fevereiro.

*Com informações da TelComp


Internet Móvel 3G 4G
Operadoras abraçam Open RAN aberto, mas cobram financiamento da União Europeia

Telefónica, Deutsche Telekom, Orange e Vodafone assinaram um acordo para promoção de redes de acesso abertas e interoperáveis (Open RAN), mas pedem recursos para ter implantação massiva a partir de 2022.

Minicom cede Artur Coimbra para ser corregedor da ANPD

O secretário de radiodifusão, Max Martinhão, acumula interinamente a Secretaria de Telecomunicações. Segundo a pasta, ainda não há novo nome para substituir Artur Coimbra.

Abinee: Diferença de custo entre migração e mitigação no 5G é menor do que apontam teles

Estudo indica valores semelhantes aos projetados pela Anatel, de R$ 1,1 bilhão para o uso de filtros e R$ 1,8 bilhão para mudança da recepção de antenas para a banda Ku.

Anatel apreende 15 mil carregadores de celulares na 25 de Março, em São Paulo

Equipamentos não homologados foram avaliados em R$ 180 mil e foram recolhidos em um único distribuidor. Outros 11 mil carregadores foram apreendidos em três operações durante o mês de novembro.

TIM: dizer que 5G DSS não é o 5G é obrigatório para não queimar a tecnologia

Operadora informa que vai ter o 5G DSS em 12 capitais para testes em bairros, mas sustenta que a transparência é crucial. "O 5G DSS tem latência do 4G", afirma o CTIO, Leonardo Capdeville. Nas capitais, o 5G DSS será exclusivo para mobilidade. O acesso banda larga fixa - FWA - continuará em piloto.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G