Convergência Digital - Home

RNP, com Google, Huawei e Microsoft, oferece nuvem de graça para pesquisa de combate à Covid-19

Convergência Digital
Da redação - 05/06/2020

Para ajudar a comunidade acadêmica e de pesquisa em projetos de enfrentamento à Covid-19, a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) está oferecendo créditos especiais em recursos computacionais em nuvem. O objetivo é auxiliar instituições que tenham ações de pesquisa ou de combate direto à doença e precisam de infraestrutura em nuvem robusta e confiável para ampliar a capacidade do seu serviço.

O benefício, oferecido por meio de empresas parceiras Google, Huawei e Microsoft por meio do Compute@RNP, serviço de computação em nuvem da RNP para a comunidade acadêmica e de pesquisa do Brasil estará disponível gratuitamente até o final de julho para organizações que têm algum vínculo com a RNP e que tenham infraestrutura tecnológica compatível com o serviço Compute@RNP.

“Poder computacional é uma das grandes dores de quem tem uma aplicação e precisa de um ambiente seguro, com a capacidade adequada e disponibilidade 24/7. Esta talvez seja a ação mais importante de nossos clientes na ajuda da sua comunidade e da sociedade”, declara o diretor-adjunto de Gestão de Serviços, Luiz Coelho.

Para solicitar apoio computacional do serviço Compute@RNP, entre em contato com o Service Desk pelo e-mail atendimento@rnp.br ou pelo telefone/WhatsApp 0800 722 0216.

Compute@RNP é o serviço de computação em nuvem da RNP para a comunidade acadêmica e de pesquisa do Brasil. O serviço oferece infraestrutura em nuvem híbrida, para que você tenha as suas próprias máquinas virtuais, redes e armazenamento em nuvem com disponibilidade 24/7 e segurança.

Isto significa que você pode migrar a sua aplicação para a nuvem, construir o seu próprio servidor com a capacidade necessária, sempre conectado à Internet, sem se preocupar com falhas de equipamento, conectividade e espaço de armazenamento.


Cientista de dados vai muito além de um analista de BI

São os cientistas de dados que têm capacidade de levar milhares de variáveis em consideração para definir a melhor tomada de decisão, pontua Luiz Malere, gerente de customer advisor e inovação do SAS.

Destaques
Destaques

Metade das empresas no Brasil não confia na própria análise dos dados

Levantamento da Serasa Experian mostra ainda que 42% das companhias brasileiras admitem perder dinheiro com a má qualidade das informações. Má governança é vista como um desafio a ser superado. O mais grave: mais de 70% destão sem estratégia para superar essa etapa.

Dataprev vai comprar Inteligência Artificial e exige uso da nuvem pública

Estatal de TI não revela o montante a ser pago, mas diz que contrato será de 24 meses e inclui capacitação técnica dos funcionários, no modelo de serviços por demanda. Propostas devem ser enviadas até o dia 20 de julho.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site