13/01/2021 às 13:55
Negócios


Intelbras quer R$ 1,242 bilhão com IPO e ir às compras para crescer
Convergência Digital

A Intelbras, indústria brasileira desenvolvedora de tecnologias e com sede em São José, Santa Catarina, realizou em 12 de janeiro o segundo protocolo na CVM (Comissão de Valores Imobiliários) e o lançamento de sua oferta pública inicial de ações, mediante a divulgação de Aviso ao Mercado e do Prospecto Preliminar da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da Intelbras S.A. Indústria de Telecomunicação Eletrônica Brasileira.

A Intelbras estimou que o preço por ação estará situado entre R$ 15,25 e R$ 19,25 ("Faixa Indicativa"), esperando movimentar R$1.242 bilhão, valor calculado de acordo com o ponto médio da Faixa Indicativa, considerando a emissão de todas as ações da oferta base (o que inclui oferta primária e oferta secundária).

A Intelbras vai utilizar os recursos da oferta primária para acelerar seu crescimento sustentável por meio de aquisições, expansão da sua capacidade industrial e automação de processos produtivos, ampliação de soluções de software as a service e hardware as a service, bem como para expandir canais internos verticais e de varejo. A oferta de ações está sendo coordenada pelos bancos Banco BTG Pactual S.A., Citigroup Global Markets Brasil, Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A., Banco Itaú BBA S.A. e Banco Santander (Brasil) S.A.


Powered by Publique!