Clicky

Convergência Digital - Home

TI renovada impõe novo storage ao Hospital das Forças Armadas

Convergência Digital
Convergência Digital* - 27/09/2016

O Hospital das Forças Armadas (HFA), localizado em Brasília, assiste mais de 500 mil pessoas anualmente, incluindo oficiais do Exército, Marinha e Aeronáutica e a Presidência da República. E para agilizar o atendimento está investindo em Tecnologia para dar mais precisão aos atendimentos. Uma das ações foi instalar o software de gestão Hospitalar Soul MV, que vai gerenciar todo o Hospital, desde a área médica até contas e controle de estoque.

Com o software, o Hospital se viu diante da necessidade de investir em armazenamento de dados. “Temos grandes expectativas para os próximos meses porque o software de gestão vai abarcar todos os sistemas do HFA e, por isso, vai exigir uma capacidade muito grande de processamento”, afirma o Major Lauria, gestor de TI do Hospital das Forças Armadas. “Essa é uma estratégia que vai influenciar a rotina do Hospital inteiro. À medida que atendemos mais pacientes, melhoramos a nossa receita e aprimoramos a nossa capacidade de atendimento aos usuários, além de destinarmos mais investimentos para a área de pesquisa, um dos pilares da entidade”.

A organização tem mais de 1.500 usuários cadastrados para a utilização do sistema que realizam cerca de 500 acessos simultâneos diariamente, em três turnos de trabalho. Com a expectativa de aumento significativo do número de acessos, principalmente na busca de imagens e prontuários eletrônicos, o storage anterior não suportaria adequadamente a demanda. Não por acaso, o sistema de armazenamento de dados do Hospital é dedicado quase totalmente ao arquivamento de imagens de exames realizados nos pacientes. O hospital decidiu trocar de fornecedor e contratar a Pure Storage para assumir a missão de armazenar as informações.

“O HFA precisa manter sempre o mais alto nível de qualidade em seus serviços, isso porque presta assistência hospitalar à Presidente da República, ao Corpo Diplomático, Ministros, funcionários do Congresso, além de militares das três Forças e seus familiares”, explica o Major Lauria. Segundo ainda o militar,desde a implantação de dois FlashArrays da Pure Storage, cada um com 5 teras de armazenamento, a velocidade do sistema aumentou em três vezes e a expectativa é que chegue a nove. A mudança também melhorou a comunicação da área técnica com a de negócios, proporcionando uma melhor performance nos sistemas estruturantes do Hospital. 

Houve ainda benefíciois com relação à taxa de compressão de dados. O espaço dedicado para o armazenamento já diminuiu em quatro vezes, com perspectiva de cair para nove quando o sistema estiver funcionando plenamente. Há ainda uma forte expectativa de diminuição considerável do uso de energia elétrica com a utilização da solução. O HFA segue orientações do programa Esplanada Sustentável, do Governo Federal, para reduzir uso e custos de eletricidade.

A flexibilidade e a segurança também são pontos-chaves num ambiente hospitalar, que adota ambientes heterogêneos. “Percebemos essa flexibilidade na fase de implantação e não registramos nenhum problema de comunicação com o storage antigo”, completa o Major Lauria. O valor da aquisição não foi revelado pelas partes.


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Destaques
Destaques

Justiça do DF diz que dados em nuvem não têm proteção contra quebra de sigilo

Para o relator do caso, "dados armazenados em nuvem não evidenciam uma comunicação de dados" e, por isso, não estariam protegidos pela legislação. 

São Paulo concentra mais da metade das startups de Inteligência Artificial

Estudo da KPMG mostra que existem, hoje, 702 startups em atuação no segmento no País. Levantamento ainda que, desde 2012 setor atraiu US$ 839 milhões em 274 rodadas de investimento; em 2020 foram captados US$ 365 milhões.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

IA, nuvem e IoT exigem data centers mais eficientes

Por Ed Solis*

Adoção crescente de tecnologias como inteligência artificial, internet das coisas e PoE estão na lista para melhorar o desempenho das redes e a eficiência do gerenciamento.

A Covid-19 e o governo digital

Por Marcos Boaglio*

A digitalização impõe adotar uma cultura de inovação na qual se fomente a experimentação, derrubar barreiras a partir de novos veículos de aquisição e implementar uma classificação de dados moderna, assim como desenvolver capacidades para empoderar os trabalhadores para finalmente aproveitarem as novas tecnologias.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site