Clicky

GOVERNO » Legislação

Nova Lei de Informática passa no Senado. Câmara vota na terça

Luís Osvaldo Grossmann ... 11/12/2019 ... Convergência Digital

Por acordo, em quatro minutos o Plenário do Senado Federal aprovou nesta quarta, 11/12, o projeto de Lei 4805/19, que altera a Lei de Informática e reforma o sistema de incentivos fiscais para a fabricação de eletrônicos e desenvolvimento de tecnologia no Brasil. 

O tempo é essencial nesse projeto, diante do prazo acertado com a Organização Mundial do Comércio para aprovar as mudanças na política industrial tecnológica. Como ressaltado pelo senador Omar Aziz (PSD-AM) após a célere votação simbólica, as mudanças feitas no Senado precisam ser aprovadas pela Câmara na próxima semana.

“O Presidente Rodrigo Maia se comprometeu a votar na terça-feira [17/12], até porque se não votar até terça-feira o Governo Federal terá que editar uma medida provisória, e isso seria muito ruim, porque nós nos aprofundamos nessa discussão”, lembrou o senador. 

Os ajustes foram importantes para a Zona Franca de Manaus, ainda que pelo enquadramento na regra que, originalmente, não alcançaria o polo industrial. Além do reforço ao Processo Produtivo Básico como essencial aos incentivos, o substitutivo do Senado ao PL 4805/19 cria um piso de componentes nacionais. 

“A OMC não havia alcançado a Zona Franca de Manaus; ela havia excluído os benefícios da Zona Franca de Manaus em relação à política de informática do Brasil, mas nós todos brasileiros não podemos carecer de uma política para estimular uma indústria 4.0 extremamente importante para o Brasil e para as futuras gerações”, reconheceu o também amazonense Eduardo Braga (MDB-AM). 


Liminar suspende processo de liquidação do Ceitec pelo governo Bolsonaro

Justiça Federal no Rio Grande do Sul acatou pleito em ação civil pública e determinou a suspensão da assembleia que nomearia liquidante da estatal do chip, localizada em Porto Alegre.

Bolsonaro recoloca Jarbas Valente no comando da Telebras

Ex-conselheiro e vice-presidente da Anatel deixou a estatal para ser substituído por Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, em abril de 2019, mas, agora, retoma à companhia com a nomeação do coronel para a direção da Agência Nacional de Proteção de Dados.

BNDES vai pagar R$ 8 milhões para preparar a venda do Serpro e da Dataprev

Consórcio vencedor reúne Accenture, a multinacional de RP Burson-Marsteller e o escritório Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados.

Governo alega prejuízo de R$ 10 bi e vai ao STF contra desoneração da folha

Benefício, que acabaria este ano, foi prorrogado para dezembro de 2021, por decisão do Congresso Nacional, que derrubou o veto do governo. A desoneração da folha é considerada essencial para as empresas de TI e Telecom. Governo diz que medida é inconstitucional.

À espera de correção no imposto sobre componentes, indústria maneja estoques

Segundo Abinee, com a demora na publicação de nova resolução Gecex, fabricantes postergaram embarques para evitar imposto de importação. Ministério da Economia diz que novo texto já foi aprovado. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G