INOVAÇÃO

João Kepler, Bossa Nova: Pouca gente sabe fazer inovação no Brasil

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Curitiba, PR ... 26/08/2019 ... Convergência Digital

Muita gente fala em inovação, mas muito pouca gente no Brasil sabe fazer inovação, afirmou o empreendedor João Kepler, à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o MyInova Summit 2019, realizado na semana passada em Curitiba, com organização da Assespro PR e da Federação Assespro.

Na sua apresentação, um dos sócios da Bossa Nova Investimentos, que já aportou mais de R$ 50 milhões em startups em 512 investimentos realizados, foi taxativo: "A palavra inovação está muito machucada. Machucada porque todo mundo fala, mas,pouca gente faz. Inovação não é criar nada novo, mas, sim, fazer algo de forma diferente para melhorar o processo existente. Inovação não é apenas tecnologia. Ela vai muito além", afirmou Kepler.

Para o empreendedor, inovação quem faz são as pessoas e não o líder da empresa. "Não adianta se intitular inovador. A sua empresa para ser inovadora tem de fazer a inovação", reforça. Já sobre as startups, João Kepler disse que a palavra startup está incompreendida no mercado brasileiro e enumera quais são os diferenciais que atraem a Bossa Nova Investimentos a pensar em um novo investimento. Assistam a entrevista com João Kepler.


Brasil monta centro para dados, IoT e industria 4.0 com Fórum Econômico Mundial

Sede será instalada no Instituto de Pesquisa Tecnológica de São Paulo e deverá entrar em operação no primeiro semestre de 2020.

Economistas lançam livro sobre Inovação associada à economia do compartilhamento

Paulo Bastos Tigre e Alessandro Maia Pinheiro analisam o impacto dos novos negócios, sob a ótica da academia, na economia digital.

ANAC faz consulta pública sobre futuro dos drones

Órgão regulador da aviação civil quer ouvir a opinião da sociedade sobre como conduzir a operação das aeronaves não tripuladas no País. Consulta irá até o dia 05 de fevereiro de 2020.

Iluminação inteligente é uma das apostas da NEC com Internet das Coisas

O gerente de soluções da engenharia da NEC do Brasil, Eduardo Ribeiro, diz que a fornecedora- que atua como orquestradora de soluções- criou uma plataforma multisegmento, baseada em inteligência artificial, para acelerar a adesão dos serviços inteligentes nos municípios brasileiros.

TIM: 5G vai democratizar o uso da robótica

À frente do projeto do robô Joquinha, criado para atender ao maestro João Carlos Martins, em parceria com a SPI Integração e a Nokia, a operadora considera que a robótica poderá redefinir um parque fabril de forma rápida e produtiva. "Estamos construíndo uma nova etapa", salienta o head de Inovação da TIM Brasil, Janílson Bezerra.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G