Clicky

GESTÃO

Servidor aposentado fará prova de vida por reconhecimento facial

Convergência Digital ... 25/11/2020 ... Convergência Digital

O governo federal anunciou um projeto piloto com 10 mil servidores públicos aposentados, pensionistas ou anistiados para realização de ‘prova de vida’ por meio de um sistema de reconhecimento facial – a exemplo de projeto semelhante que testa essa tecnologia com o mesmo objetivo no INSS. 

“Neste primeiro momento, a funcionalidade será implantada como piloto para 10 mil pessoas atendidas pelo Departamento de Centralização de Serviços de Inativos, Pensionistas e Órgãos Extintos do Ministério da Economia (Decipex/ME). No futuro, a funcionalidade será estendida a 700 mil pessoas”, anunciou o Ministério da Economia.

Entre 2016 a 2019, foram restabelecidos mais de 120 mil pagamentos pelo atendimento presencial nas unidades de Gestão de Pessoas. “A novidade vai proporcionar economia de tempo e até de dinheiro não só para o governo, mas também para os aposentados e pensionistas, uma vez que não será necessário deslocamento para a comprovação anual”, afirma o secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do ME, Wagner Lenhart. 

“É importante lembrar que o beneficiário precisa ter a biometria (identificação digital) cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran)”, emenda Lenhart.  

Durante o piloto, os beneficiários poderão acompanhar a sua situação pelo aplicativo Sigepe Mobile – o aplicativo de gestão de pessoal da administração federal. 

Aposentados, pensionistas e anistiados que não estiverem participando do piloto devem realizar a prova de vida como de costume, na instituição bancária em que recebem provento ou benefício. A prova de vida deve ser feita anualmente, no mês do aniversário. É necessário o comparecimento pessoal portando documento oficial de identificação com foto e CPF. 

* Com informações do ME


Carreira
TST reafirma inexistência de vínculo empregatício entre motoristas e a Uber

Até o momento, existem mais de 800 decisões de Tribunais Regionais e Varas do Trabalho que afastaram o vínculo empregatício ou declaram a incompetência da Justiça do Trabalho para julgar a relação com a Uber.

Aeroporto de Brasília automatiza medição de temperatura no combate à Covid-19

O sistema, que também detecta a utilização de máscaras tem objetivo de aprimorar a segurança do terminal e o controle de viajantes que chegam à capital federal.

TST: Sede do site de busca de empregos define foro em ação de empregado contra empresa

Técnico em manutenção hospitalar que vive em Goiás (GO) foi contratado por meio de site de Brasília (DF), por empresa de Recife (PE), para trabalhar em Natal (RN).

Com plataforma do Serpro, começa a valer antecipação de contratos com o governo

Antecipagov é um sistema que permite o uso de contratos públicos como garantia para até 70% do que os fornecedores têm a receber. 

STF derruba decisão do TST que proibiu terceirização do call center da TIM

Decisão reafirmou a cassação da Súmula 331 do Tribunal Superior do Trabalho, que vedava a terceirização das atividades-fim. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G