Home - Convergência Digital

Brasil entra no acordo Telefónica/Netflix até o final do ano

Da redação - 24/05/2018

A Netflix e a Telefónica anunciaram nesta quinta-feira, 24/05, uma parceria global para integrar os serviços da Netflix nas plataformas de vídeo e TV da Telefónica nas duas regiões. O acordo cobre Europa e América Latina. No Brasil, informa a Telefónica, o acordo servirá para a plataforma IPTV e entra em operação até o final do ano.
 
"Queremos oferecer aos nossos clientes a oferta de conteúdo de vídeo mais completa possível, seja ela produção original da Telefónica ou de terceiros. A parceria com Netflix contribuirá para reforçar este objetivo em todas as nossas plataformas de vídeo multicanais", afirmou José María Álvarez-Pallete, presidente executivo da Telefónica.

Já a Netflix sustenta que o acerto é relevante para ampliar a massificação do conteúdo. "Tornar disponível Netflix nas plataformas de TV e vídeo da Telefónica permite que os consumidores assistam a todo o conteúdo que amam em um só lugar", afirmou Reed Hastings, cofundador e CEO da OTT.

Cada país anunciará os detalhes comerciais do acordo à medida que realizarem os lançamentos em nível local. O lançamento na Espanha está previsto para o final de 2018.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

06/04/2020
OTTs prometem medidas para preservar a internet, mas pedem respeito ao Marco Civil

11/02/2020
WhatsApp suspende 5 mil contas/mês no Brasil

29/01/2020
DAZN, de olho no Flamengo, reduz preço à metade e acirra guerra dos streamings

24/01/2020
Funcionários da ONU estão proibidos de usar o WhatsApp

11/09/2019
Apple ataca Netflix com oferta de conteúdo gratuito

19/02/2019
Vivo reforça parceria com Globosat por conteúdo de streaming

19/02/2019
Cliente da Claro/NET vai pagar Netflix em uma única fatura

25/10/2018
Avanço da Anatel sobre internet prejudica inovação, argumenta PSB

24/10/2018
Apple terá serviço global para concorrer com Netflix e Amazon

15/08/2018
Facebook acirra disputa com TVs com transmissão ao vivo da Liga dos Campeões para América Latina

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site