NEGÓCIOS

Sicredi acirra a guerra das maquininhas e avança sobre os MEIs

Convergência Digital* ... 28/08/2019 ... Convergência Digital

A guerra das maquininhas ganha mais um capítulo. O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 4 milhões de associados e atuação em 22 estados e no Distrito Federal – lançou a Máquina Compacta de Cartões, voltada principalmente para microempreendedores individuais (MEIs), autônomos e profissionais liberais, oferece mais mobilidade e autonomia na hora de realizar vendas.

A Máquina Compacta de Cartões opera sem bobina, aceita os principais cartões (débito, crédito e refeição), bem como pagamentos por aproximação (NFC) e realiza recarga de celular pré-pago. A novidade não tem aluguel ou taxa de adesão e já vem com WI-FI, chip e plano grátis, eliminando a necessidade de número de celular para funcionamento.

“Por meio do produto, conseguimos aprimorar ainda mais a oferta de serviços financeiros aos nossos associados. Com a Compacta, mais empreendedores poderão concentrar o recebimento de suas vendas no Sicredi, simplificando sua gestão, ao mesmo tempo que geram valor para a sua região”, explica Gisele Rodrigues, superintendente de Soluções de Pagamento do Sicredi.

A Máquina Compacta de Cartões do Sicredi aceita as bandeiras Visa, Master, Elo, Hipercard, Amex, Sorocred, Banescard, Ticket, Sodexo, Alelo e Cabal Vale. Com ela, por meio do portal de serviços, os associados conseguem gerenciar suas vendas e controlar os rendimentos do seu negócio, por meio do portal de serviços da Compacta. Para adquirir a máquina compacta do Sicredi, o associado precisa ir até sua agência do Sicredi e realizar a contratação.

“Esta nova oferta reforça a presença do Sicredi no mercado de adquirência, iniciada no final de 2017, ao mesmo tempo que possibilita mais comodidade aos associados, com um produto sob medida que cabe, literalmente, na palma da mão”, resume Gisele Rodrigues.

Entrada no mercado de meios de pagamento

Em novembro de 2017, o Sicredi deu o pontapé inicial para a entrada no segmento com o lançamento da própria Máquina de Cartões. A solução visava atender às necessidades das cooperativas filiadas por um equipamento próprio do Sicredi e trouxe ainda mais autonomia e flexibilidade aos negócios dos associados.

Segundo o ranking de credenciadoras publicado pelo Card Monitor, o Sicredi apresentou crescimento de 320,7% em credenciamentos na comparação entre o primeiro trimestre de 2018 e o mesmo período de 2019, sendo o maior percentual entre os participantes no ranking. Além disso, desde quando o projeto foi lançado, já foram instaladas mais de 150 mil máquinas de cartões do Sicredi nos 22 estados onde a instituição atua. No final de julho, a solução do Sicredi atingiu um total de 10 bilhões de faturamento, com uma média mensal de 850 milhões de volume transacionado.

A máquina de Cartões do Sicredi traz todas as funcionalidades de uma máquina de cartões - crédito, débito e voucher - com destaque para segurança nas operações, centralização dos recebíveis, taxas mais acessíveis, possibilidade de escolher o prazo de recebimento das vendas a crédito a partir de dois dias, além de uma plataforma de gerenciamento exclusiva.


Cloud Computing
Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

“A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços”, afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco.  Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Unicórnio brasileiro avança operações de pagamento para décimo país

Ebanx anunciou que também vai processar pagamentos no Uruguai. "Unicórnio" com mais de US$ 1 bi, empresa está também no México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Equador e Uruguai, além do Brasil.

Finplace amplia em mais de 200% a oferta de crédito para PMEs

Criada no final do ano passado, a plataforma já movimentou mais de R$ 50 milhões e contabiliza 108 financiadores e uma carteira com mais de 500 clientes.

Se a bitcoin fracassar, o blockchain morre abraçado

FastBlock, empresa brasileira especializada em mineração por serviço, compra data center nos EUA para acelerar a mineração das criptomoedas. Ao Convergência Digital, o CEO Bernardo Schucman, adverte: Brasil não abre espaço à inovação. Sobre a credibilidade da bitcoin, o executivo diz que o estigma é concorrencial. "O velho mundo rejeita o novo. Golpes existem desde sempre. O que é a gangue do boleto?".

No Brasil, 65% das empresas estão bem longe das regras da LGPD

Índice LGPD ABES mostra ainda que 40% das companhias brasileiras sofreram incidentes de violação nos últimos dois anos e 80% assumem que fazem, sim, coleta de dados sigilosos. "Não há mais tempo a perder", adverte o consultor da EY, Marcos Sêmola.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G