Clicky

4G LTE faz Neoenergia avaliar 5G para missão crítica no Brasil

Por Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 17/07/2020 ... Convergência Digital

A transformação digital da Neoenergia no Brasil virou um exemplo para o grupo Iberdrola no mundo. Tanto que o projeto 4G LTE privado, que entrará em pleno funcionamento ainda este mês, quando será iniciada a operação da última das seis torres na região de Atibaia, em São Paulo, está servindo de piloto para todas as distribuidoras do grupo, conta em entrevista ao Convergência Digital, o superintendente de Smart Grids da Neoenergia, Heron Fontana.

O 4G LTE privado não funciona como a principal rede para as atividades da Neoenergia, e sim como backhaul, infraestrutura para agrupar os dados e enviá-los para os escritórios da distribuidora, em Atibaia ou em Campinas. O uso da rede 4G beneficiará inicialmente os 75 mil consumidores da Neoenergia, por meio da distribuidora Elektro, nas cidades de Atibaia, Bom Jesus dos Perdões e Nazaré Paulista. A distribuidora teve autorização da Anatel para fazer o projeto em 3,5GHz.

"O 3,5GHz é bom? ele foi uma oportunidade. Mas o nosso interessante é maior nas faixas subgiga, por conta do serviço de missão crítica", aponta Fontana. O executivo também adianta que vai avaliar como será o leilão do LTE privado no 4G e não descarta a possibilidade de compartilhar sites, acesso, torre e frequência com as operadoras.Sobre o leilão 5G, Fontana diz que vai avaliar, principalmente, se houver o espectro dedicado. "A baixa latência é essencial nos projetos para ter serviços em tempo real".

O executivo fala ainda da possível massificação, enfim, dos medidores inteligentes e argumenta que eles são cruciais. "Nao há veículo elétrico sem medidor inteligente, sem rede de baixa latência", exemplifica Fontana. Também conta o impacto do projeto SISCON, que está mudando o coração da rede da Neoenergia.

"É como trocar o ERP da companhia com ela funcionando e numa pandemia", ressalta. A iniciativa vai envolver o novo Sistema de Controle da empresa, unindo tecnologia e mudança de processos para aprimorar a gestão das redes elétricas de suas concessionárias – Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP/MS) –, beneficiando mais de 14 milhões de clientes.  Fontana também fala do uso do WiMAX, em Fernando de Noronha, e da implantação de rede de fibra ótica própria no Recife e no Guarujá. Assistam a entrevista com o superintendente de smart grids da Neoenergia.


Internet Móvel 3G 4G
Na China, 5G impulsiona receita, mas gasto com eletricidade acende sinal vermelho

China Mobile revelou ter 189 milhões de clientes 5G no primeiro trimestre de março, multiplicando por seis a base de 2020. Mas advertiu que há questões a serem pensadas: a depreciação da rede e a elevação considerável com os gastos ligados ao consumo de energia.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Oi reconvoca AGE para o dia 30 de abril

A Assembleia Geral Extraordinária convocada para esta segunda-feira, 19 de abril, não atingiu o quórum necessário. A assembleia será online, com participação mínima presencial por conta da Covid-19.

Oi lança carteira digital via WhatsApp

Parceria com Conta Zap, serviço permite pagar contas, fazer recarga de celular, enviar e receber dinheiro. Ideia é permitir crédito por mensagens também. 

Por casa conectada, Vivo negocia opção de ser acionista minoritária na CDF

A CDF é um marketplace de solulções de assistência residencial e tecnológica e que já é parceira na oferta do Vivo Guru. Os novos serviços serão lançados em breve, mas um deles será voltado para a instalação e  configuração de dispositivos inteligentes.

Huawei: é cedo para dizer quem está dentro ou fora da rede privada do governo

“Existe uma portaria, mas os requisitos ainda não estão completamente claros”, afirma o diretor de cibersegurança da fabricante chinesa, Marcelo Motta.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G