Home - Convergência Digital

Hackathon do Santander têm inscrições até o dia 10 de março

Da redação - 04/03/2020

O Santander Brasil recebe as inscrições para a segunda edição do The Code Force – Hackathon até o dia 10 de março. A maratona visa estimular a criação de novas soluções tecnológicas, atendendo aos desafios propostos de três empresas do ecossistema Santander: a emDia, de negociação online de dívidas; a Pi, plataforma digital de investimentos; e SIM, que concede crédito com garantia. Podem participar desenvolvedores, designers e especialistas de negócios de qualquer lugar do País, e as inscrições deverão ser realizadas no site www.thecodeforce.com.br.

“Estamos disseminando cada vez mais a cultura de inovação no Banco. Queremos ser uma plataforma financeira que une o tech e o humano na busca da eficiência, agilidade e a melhor experiência para os clientes”, afirma Geraldo Rodrigues, diretor de Negócios Digitais do Santander Brasil. Além disso, segundo o executivo, por meio do The Code Force, o Banco quer engajar seus próprios talentos e atrair os que estão no mercado.

No último dia de inscrições para o 2º The Code Force, 10 de março, será realizado um evento de warm-up (aquecimento), aberto ao público (inscritos ou não). Na ocasião, serão apresentados com mais detalhes os objetivos e os desafios do Hackathon, bem como as eventuais interfaces de programação de aplicações (APIs, na sigla em inglês) - que serão disponibilizadas para as equipes criarem suas soluções. O warm-up será feito no 8º andar do Farol Santander, no centro de São Paulo, das 19h às 22h e os interessados em participar também deverão se inscrever no site www.thecodeforce.com.br.

O The Code Force – Hackathon terá início às 8h do dia 21 (sábado) e terminará às 20h de 22 de março (domingo), em dois andares do Farol Santander (8º e 9º). Até 80 participantes serão selecionados e agrupados em equipes multidisciplinares, cada uma com cinco membros: dois desenvolvedores, dois designers e um especialista de negócios. Mentores auxiliarão os participantes durante a maratona nas fases de ideação, prototipação e apresentação de pitches.

Os desafios propostos são:

1)emDia: como podemos ajudar os 61 milhões de brasileiros inadimplentes a negociarem suas dívidas, de forma simples, humanizada e digital?

2)Pi: como facilitar a jornada do usuário na escolha do investimento ideal, de acordo com o seu perfil e o seu momento de vida?

3)SIM: como ajudar o cliente a entender, com mais profundidade, sua situação de crédito no mercado e/ou estimulá-lo a pagar em dia seus compromissos?

As equipes serão avaliadas por um júri composto por executivos do Santander de acordo com os seguintes critérios: protótipo funcional; usabilidade e design; criatividade e grau de inovação; adesão ao desafio proposto; impacto no negócio; impacto social e fator “WOW” da solução. As três equipes mais bem avaliadas serão premiadas com drones, robôs inteligentes-aspiradores de pó e assistentes virtuais inteligentes.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/08/2020
Startups ligadas à Wayra abrem mais de 40 vagas

05/08/2020
PicPay expande e abre 100 vagas para Tecnologia

03/08/2020
Neobpo divulga 274 novas oportunidades de emprego

03/08/2020
Accountech do Paraná abre 30 vagas em Brasília, SP e Curitiba

27/07/2020
GFT Brasil abre 154 vagas para oportunidades em TI

27/07/2020
Stefanini seleciona desenvolvedores em regime de home office

23/07/2020
Concentrix tem 150 vagas em São Paulo

03/07/2020
Startups do Cubo Itaú têm mais de 500 vagas de trabalho em aberto

17/06/2020
Qintess anuncia 243 vagas para transformação digital

10/06/2020
Instituto Eldorado abre 80 vagas na área de TI em Manaus

ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

TRT/SP rejeita cautelar das empresas de TI e cobra Convenção Coletiva 2020

O desembargador e vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2 Região, Rafael Edson Pugliese Ribeiro, em despacho, alerta que a falta de renovação da Convenção Coletiva 'é a falência do diálogo'. Convergência Digital publica a íntegra da decisão.

Microsoft muda alto escalão da AL e fica à espera de Rodrigo Kede,em litígio com a IBM

O presidente para a AL da Microsoft, Cesar Cernuda, e a brasileira Paulo Bellizia, vice-presidente de Vendas, Marketing e Operações para a região, oficializaram a saída da empresa. A computação em nuvem é pano de fundo no embate entre as gigantes.

Gestor de Tecnologia foi repaginado pela Covid-19

Os responsáveis por compliance, por digitalização e por suppy chain foram reconhecidos e estão à frente das ações das empresas e passaram a ter acento nos comitês de liderança, afirma o consultor da Russell Reynolds Associates, Márcio Gadaleta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site