Home - Convergência Digital

Negociação entre patrões e empregados de TI não avança em São Paulo

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 29/01/2019

Na terceira rodada de negociação da CCT 2019, o sindicato patronal desistiu da proposta de redução do horário de almoço para meia hora, de redução dos dias referentes às ausências legais e do tempo gasto pelo trabalhador em viagens a serviço, que, segundo a pauta anterior, não deveria ser computado como horas in itinere.

Entretanto, de acordo com o Sindpd, representantes dos trabalhadores, a comissão dos empresários ainda insiste em não avançar na negociação, oferecendo um índice de reajuste salarial - 2,75% -dos pisos e do vale-refeição que não repõe a inflação (3%), mantendo a retirada do adiantamento quinzenal, além de querer que o trabalhador pague as custas das homologações e não levar em consideração a pauta de reivindicações da categoria apresentada pelo Sindicato.

Na reunião desta terça-feira, 29/01, a comissão dos trabalhadores contrapropôs reajuste salarial de 5,9% e as homologações no Sindpd de todos os contratos de trabalho anteriores à sanção da reforma trabalhista (novembro de 2017), além da questão de os trabalhadores exigirem que as empresas façam as homologações no Sindicato.

Ainda de acordo com o Sindpd, os  empresários não analisaram itens da proposta já apresentada anteriormente pela categoria, como o VR no valor de R$ 20, criação do auxílio-alimentação no valor de R$ 150, hora extra de 100% nas primeiras duas horas e 150% na demais, auxílio-creche - com 50% do salário normativo para pais que tiverem filho com até 72 meses de idade -, o aumento da multa para as empresas que não cumprem a CCT para 20%, licença-maternidade de 180 e pagamento de quinquênio aos trabalhadores com um adicional de 3% do salário mensal do empregado para cada 5 anos trabalhados.  A próxima rodada de negociação acontece no próximo dia 05 de fevereiro, às 15h.
 


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/10/2019
Trabalhadores de TI do Rio de Janeiro fecham CCT 2019/2021

29/08/2019
TRT julga dissídio coletivo de TI em São Paulo

14/08/2019
TRT de São Paulo marca julgamento do dissídio coletivo de TI

05/04/2019
TRT define reajuste de 3,43% no dissídio coletivo dos trabalhadores de TI de São Paulo

25/03/2019
TRT precisa se manifestar sobre dissídio de TI em São Paulo

21/02/2019
TRT ordena a reabertura das negociações salariais de TI em São Paulo

19/02/2019
TRT vai mediar impasse entre patrões e empregados de TI em São Paulo

06/02/2019
Impasse encerra negociação salarial de TI em São Paulo. Trabalhadores vão discutir greve

29/01/2019
Negociação entre patrões e empregados de TI não avança em São Paulo

22/01/2019
Impasse já marca a negociação salarial de TI em SP para 2019

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

Análise de requisitos define sucesso ou morte dos projetos de TI

Como demonstra o professor e pesquisador Marcos Kalinowski, do departamento de informática da PUC-RJ, especificação boa ou ruim pode triplicar a produtividade ou aumentar em até 50% os custos. O professor da PUC-RJ coordena um projeto de pesquisa na área de Engenharia de Requisitos que envolve mais de 50 pesquisadores de 20 países.

Negócios na nuvem vão gerar 491 mil empregos diretos no Brasil até 2024

A batizada, 'economia Salesforce', formada pelo ecossistema de parceiros e clientes da companhia, vai gerar nos próximos seis anos, 780 mil empregos indiretos e uma receita de R$ 247 bilhões em novos negócios. Transformação digital será responsável por 50% dos gastos com software e computação em nuvem.

Cientista de Dados, desenvolvedor, CTO e analista de segurança da Informação são os mais procurados em TI

Essa é a constatação do Guia Salarial 2020, produzido pela consultoria Robert Half, com atenção às pequenas, médias e grandes empresas. Cientista de Dados pode ter salário inicial em torno de R$ 13 mil nas pequenas empresas e de R$ 26 mil nas grandes corporações.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site