TELECOM

Anatel já sinaliza que Covid-19 vai adiar leilão do 5G para 2021

Luís Osvaldo Grossmann ... 08/05/2020 ... Convergência Digital

Ao impedir a conclusão dos testes em campo sobre interferência nas antenas parabólicas, a pandemia de Covid-19 vai implicar na necessidade de adiamento do leilão do 5G. Como indicou o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, ainda há esforço para manter o cronograma, que prevê a licitação neste 2020, mas o impacto da crise sanitária complica os planos. 

“Evidentemente que vamos fazer todo esforço para realizar o leilão. Nossa meta era realizar até o final deste ano e se a pandemia terminasse hoje ainda teríamos condição de assim fazê-lo. Mas não vou especular com data neste momento”, afirmou Morais, que nesta sexta, 8/5, falou sobre 5G em evento online promovido pelo portal Tele.Síntese. “É preciso avaliar como a crise, cujo alcance dos efeitos ainda não são plenamente conhecidos, vai afetar não apenas o cronograma, mas as próprias condições do edital”, emendou. 

O impacto já sensível, como explicou o presidente da Anatel, foi a necessidade de suspender os testes de campo sobre a interferência do uso da faixa de 3,5 GHz para o 5G sobre as antenas parabólicas. Especialmente porque, até aqui, os resultados indicam que a solução de mitigação com filtros nas antenas, como defendem as operadoras de telecomunicações, não alcançaram os resultados esperados. 

“Os testes de campo precisaram ser suspensos. E temos hoje uma dificuldade em relação aos [filtros] LNBFs que até agora se apresentaram. Novos LNBFs chegarão no final de maio, mas embora os fornecedores já saibam o que é necessário, não sabemos se a indústria entregará aquilo que é efetivamente necessário para garantir a convivência via solução de mitigação. Até o momento, não estamos convencidos que as soluções disponíveis estão aptas a garantir a convivência”, afirmou Morais. 

Por isso mesmo, a Anatel se debruça sobre a outra alternativa, que no fundo é preferida pela radiodifusão: a migração da banda C (em 3,7 GHz) para a banda Ku (acima de 10 GHz). “Não descartamos a solução via banda Ku. Ao contrário. Enquanto a solução de mitigação não se apresenta com a segurança esperada, a área técnica da agência foi orientada a aprofundar o desenho da solução via migração, para banda Ku ou dentro da própria banda C, ao invés da mitigação”, disse o presidente da Anatel. 

Essa decisão, crucial para a própria precificação do edital, exige a conclusão dos testes, que por sua vez dependem da evolução da pandemia de Covid-19. “Temos compromissos em realizar os testes de campo para essa mitigação. Mas a própria pandemia colocou óbices para a finalização dos testes, que demandariam talvez mais um mês. Precisamos que os deslocamentos fiquem menos restritos para voltar à campo. Fizemos simulações computacionais, mas não vamos abdicar dos testes de campo”, ressaltou Morais. 


Internet Móvel 3G 4G
No Brasil, TIM nega descarte da Huawei para rede 5G

Segundo a agência Reuters, operadora teria excluído a fabricante chinesa da lista de potenciais fornecedores em compras na Itália e no Brasil.  Escolhidos teriam sido: Cisco, Ericsson, Nokia, Mavenir e Affirmed Networks.

STF decide que Lei estadual que proíbe fidelização é constitucional

Para a Ministra relatora Rosa Weber, a lei do Rio de Janeiro apenas veda a fidelização, sem interferir no regime de exploração ou na estrutura remuneratória da prestação dos serviços. O objetivo, segundo ela, é apenas a proteção dos usuários.

Faixa de 1,5 GHz também pode ser destinada ao 5G para uso privado

Proposta foi apresentada em reunião do Conselho Diretor da Anatel.  Mas a faixa é usada pela Força Aérea Brasileira para aplicações de telemetria. Agência sugere destinar 30 MHz para satélites, como forma de evitar interferência.

Demanda por renegociação de contratos de telecom aumenta 30% na pandemia

Medida está sendo usada por grandes empresas do setor financeiro, varejo, concessionárias, tecnologia, entre outros, revela a consultoria VIA\W.

Telefone ainda é o canal preferido para reclamações sobre serviços

Desde o início da pandemia da Covid-19, mais de um terço das solicitações (36%) foi encaminhada por telefone, bem à frente chat (21%) e email (20%).

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G