Clicky

TIM concede exclusividade da empresa de rede neutra à IHS

Ana Paula Lobo* ... 04/03/2021 ... Convergência Digital

Em fato relevante publicado nesta quinta-feira, 4/03, a TIM anunciou um acordo de exclusividade com a IHS Brasil Participações para sociedade na FiberCo – ou a nova empresa criada pela operadora para explorar o mercado de fibra ótica residencial, chamada pelo presidente da tele, Pietro Labriola, de 'rede aberta'.

Vigente até o dia 24 de março, o contrato foi assinado ontem, dia 03. Agora serão negociados termos e condições para aquisição da participação societária; a intenção da TIM é vender o controle da operação, pela qual a operadora informou ter recebido quatro propostas formais. O anúncio vem dois dias depois do feito pela Vivo, que também já definiu o seu parceiro, um fundo canadense. A Oi segue em negociação com a BTG Pactual.

Segundo o fato relevante, a IHS é uma "grande e diversificada" provedora de infraestrutura de telecomunicações focada em mercados emergentes. A empresa tem atuação em nove países da África, Oriente Médio e América Latina e possui mais de 28 mil torres, mas estaria buscando a expansão da cadeia de valor para além do segmento.

A FiberCo terá foco na construção de infraestrutura de última milha – seja com fibra até a residência (FTTH) ou fibra até o gabinete (FTTc). O acordo não envolverá o backbone ou backhaul da TIM. A operadora sustenta que "o modelo permitirá à TIM alcançar o crescimento esperado no mercado de fibra brasileiro nos próximos anos, aproveitando a abordagem de rede aberta e um modelo operacional focado".


Internet Móvel 3G 4G
No 5G, Oi desponta como 'azarão' na faixa de 26GHz

Fora da operação móvel para o consumidor, por conta da venda da Oi Móvel, a tele insinua interesse no leilão para ter espectro para acesso wireless fixo. "Precisamos ver o preço e as regras finais do edital", destacou o CEO, Rodrigo Abreu.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Por casa conectada, Vivo negocia opção de ser acionista minoritária na CDF

A CDF é um marketplace de solulções de assistência residencial e tecnológica e que já é parceira na oferta do Vivo Guru. Os novos serviços serão lançados em breve, mas um deles será voltado para a instalação e  configuração de dispositivos inteligentes.

Huawei: é cedo para dizer quem está dentro ou fora da rede privada do governo

“Existe uma portaria, mas os requisitos ainda não estão completamente claros”, afirma o diretor de cibersegurança da fabricante chinesa, Marcelo Motta.

Oi entra na briga pela fibra ótica em São Paulo

Companhia diz que os pilotos comercial e de rede estão acontecendo e o lançamento ao mercado será no segundo trimestre (abril a junho) para os mercados B2C e B2B. A Oi vai usar 5,2 mil Km de rede própria oriundas da compra da MetroRed e da Pegasus no passado.

Brasileiro retorna ao pré-pago e sonha com superaplicativo

O brasileiro diz que o pré-pago oferece maior flexibilidade de uso, de acordo com pesquisa global feita pela Ding. O estudo também mostra que os brasileiros querem um superaplicativo que combine mensagens instantâneas com mídia social, varejo e serviços.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G