Clicky

Home - Convergência Digital

Serpro busca parceiros para atuar em internet das coisas

Luís Osvaldo Grossmann - 24/02/2021

O Serpro publicou nesta quarta, 24/2, três chamamentos públicos em busca de parceiros para implementação de serviços de internet das coisas, com uso da nuvem da estatal. Especificamente, o Serpro vai habilitar empresas para o provimento e o gerenciamento de dispositivos, além de soluções de comunicação em redes especialistas. 

Os chamamentos se valem da possibilidade de dispensa de licitação nos moldes previstos na Lei das Estatais (13.303/16), para “casos em que a escolha do parceiro esteja associada a suas características particulares, vinculada a oportunidades de negócio definidas e específicas, justificada a inviabilidade de procedimento competitivo”. 

Interessados em qualquer dos três chamamentos públicos – 121, 122 e 123/2021 – são convidados a apresentar propostas técnicas por email (parcerias@serpro.gov.br), por um mês contado a partir desta quarta, até 24 de março. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

06/04/2021
Concurso de TI no Serpro: inscrição custa R$ 100,00 e só pode ser feita pela Internet

01/04/2021
Serpro confirma concurso para contratar 147 desenvolvedores e 18 cientistas de dados

31/03/2021
Dieese: Venda de Serpro e Dataprev é risco à privacidade dos brasileiros

30/03/2021
Inadimplência de órgãos públicos causa rombo de R$ 447,5 milhões no Serpro

25/03/2021
STF reforça dispensa de licitação ao Serpro para atender Economia

12/03/2021
Serpro vai contratar 165 analistas temporários para transformação digital

25/02/2021
Ministério Público adverte que privatização do Serpro ameaça a segurança nacional

24/02/2021
Serpro busca parceiros para atuar em internet das coisas

09/02/2021
STF abre caminho para venda de Serpro, Dataprev e Ceitec

19/01/2021
Governo faz primeira reunião com consultorias para venda de Serpro e Dataprev

Destaques
Destaques

Highline se propõe a comprar licença 5G e oferecer espectro como serviço para ISPs

A proposta da empresa, explicou Luis Minoru, diretor de estratégia e novos negócios, é o de oferecer toda a infraestrutura na modalidade de serviço. Já há testes em andamento, não revelados, para o funcionamento da modalidade que inclui a operação de telefonia móvel.

Cobertura 4G chegou a 85% da população mundial, mas metade dela seguiu sem acesso à Internet em 2020

Levantamento da União Internacional de Telecomunicações mostra que a principal razão da exclusão digital é o alto preço do serviço diante da receita do consumidor. "Houve uma queda nos preços, mas precisa cair muito mais para termos um futuro melhor", pontuou o secretário-geral da UIT, Houlin Zhao.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Com rede sujeita a apagões, qual impacto do 5G na energia no Brasil?

Por Pedro Al Shara*

Segundo pesquisa da Vertiv, fornecedora de equipamentos e serviços para infraestrutura crítica, um aumento da ordem de 150% a 170% no consumo energético é projetado no setor de Telecom até 2026. Com toda a inovação que o 5G representa, mais dispositivos poderão acessar a internet móvel ao mesmo tempo, utilizando o mesmo sinal.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site