Clicky

Home - Convergência Digital

Ceitec, no RS, tem estrutura para produzir chips 5G

Luís Osvaldo Grossmann - 15/12/2020

Em que pese o movimento do governo Bolsonaro em fechar as portas do Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada, na estatal do chip há uma certa animação com um recente movimento da indústria mundial de semicondutores, que envolve a substituição do tradicional silício pelo nitreto de gálio, por conta da cada vez mais crescente demanda por dispositivos 5G. 

Isso porque o Ceitec, instalado em Porto Alegre-RS, é das poucas fábricas no planeta consideradas viáveis para a produção de chips com o nitreto de gálio. É que o processo atual dessa tecnologia específica exige lâminas menores que o padrão moderno de 300 milímetros. Por questões ligadas ao material, esses wafers precisam ficar entre 100 e 200 milímetros no máximo. 

O Ceitec utiliza lâminas de 150 mm, coincidentemente o mesmo tamanho da recém inaugurada fábrica que a holandesa NXP Semiconductors instalou nos Estados Unidos para, exatamente, atender a demanda por chips de 5G. Além disso, os chips com nitreto de gálio têm entre 100 e 2 mil nanômetros. E o Ceitec produz chips de 600 nanômetros. 

O uso do nitreto de gálio está em evidência por ser capaz de suportar 10 vezes mais voltagem do que o silício e se tornar, assim, particularmente relevante para a nova geração de tecnologia de telecomunicações por melhor atender a necessidade de dispositivos de alta potencia ou alta frequência. Nesse estágio, porém, ainda é fornecido por pouquíssimos fabricantes globais. 

Mas o potencial é animador. Projeções da consultoria francesa de tecnologia avançada Yole Développement indicam que esse mercado que envolve o uso de chips de nitreto de gálio deve superar os US$ 2,5 bilhões (R$ 12 bilhões) até 2025. 

Não quer dizer que basta girar uma chave e o Ceitec sai produzindo chips de nitreto de gálio. Seriam necessárias adequações na planta. O detalhe é que é uma fábrica em que essa mudança é possível, ao contrário das unidades que lidam com wafers maiores. Mais do que isso, chama a atenção no momento em que o plano de fechar o Ceitec pode custar mais caro que manter a empresa funcionando e com chances reais de se adaptar a uma nova onda tecnológica que está apenas começando. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/03/2021
Anatel libera edital do 5G

01/03/2021
Leilão 5G: TIM briga por 3,5GHz e 26 GHz e abre mão da faixa de 2,3GHz

27/02/2021
Leilão 5G: Teles aguardam por 'eventuais ajustes' no edital e pelo TCU

26/02/2021
Leilão do 5G vai criar empresa gestora de R$ 5 bilhões em compromissos

26/02/2021
Rede segura do governo vai usar faixa do 4G e bane Huawei como fornecedor

26/02/2021
Governo e teles negociam um piloto 5G standalone

26/02/2021
Anatel estima que 5G vai custar R$ 35 bilhões no Brasil

26/02/2021
Governo retira exclusividade da Telebras da gestão da rede privada

25/02/2021
Anatel aprova edital e antecipa 5G pleno nas capitais para julho de 2022

25/02/2021
Leilão do 5G nos EUA bate recorde e apura US$ 81,2 bilhões

Destaques
Destaques

5G será muito mais B2B e vai injetar R$ 13,5 bilhões no mercado nos próximos dois anos

Finalmente o 5G entrou na lista das dez previsões para os mercados de Tecnologia e Informação e Telecomunicações da IDC para 2021/2022. Consultoria prevê que a receita virá de novos negócios com IA, IoT, cloud, segurança, robótica e realidade aumentada e virtual.

5G só começa depois de garantia de recepção nas parabólicas

Pelo cronograma previsto na proposta de edital, oferta do 5G tem início 300 dias depois de formalizada a ‘compra’ das frequências – portanto no segundo semestre de 2022.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Previsões para 5G Core (5GC) e redes móveis em 2021

Por Ivan Marzariolli*

A maioria das teles com 5G escolheu o que é chamado de implementação “não autônoma”.  É um híbrido de 4G e 5G que permite oferecer muitos recursos 5G aos assinantes, enquanto ainda aproveita o investimento existente em seu core de pacote 4G. Operadoras estão ansiosas para aproveitar as vantagens do 5GC (SA ou autônomo) - maior agilidade de serviço e custos mais baixos.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site