Clicky

Home - Convergência Digital

Com Nokia, Huawei e Ericsson, Claro amplia 5G DSS para mais 12 cidades

Ana Paula Lobo - 04/11/2020

Em evento online realizado nesta quarta-feira, 04/11, para marcar que a operação do 5G não era um teste, mas um serviço comercial, a Claro revelou, como antecipara na semana passada o CEO, Paulo Cesar Teixeira, as 12 cidades contempladas com o serviço. São elas: Belém (PA), Brasília (DF), Campinas (SP), Goiânia (GO), Guarulhos (SP), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Santo André (SP), Santos (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Caetano do Sul (SP) e São Luís (MA).

A operadora não esclarece quais dessas novas cidades já têm o serviço disponível. Informa apenas que em todas haverá o 5G DSS até o final de dezembro. Hoje a rede opera em alguns bairros das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, a partir de três modelos de celulares homologados: dois da Motorola e um da Samsung.

A expansão tem o suporte das três fornecedoras de tecnologia da Claro: Nokia, Huawei e Ericsson. A implantação da rede 5G é possível a partir da tecnologia DSS (Dynamic Spectrum Sharing, ou Compartilhamento Dinâmico de Espectro), que permite o compartilhamento das frequências disponíveis hoje, já alocadas ao Serviço Móvel Pessoal (SMP).

Para o usuário, a rede 5G DSS permite a entrega imediata de uma experiência equivalente à da fibra óptica, com conexões até 12 vezes mais velozes que o 4G convencional, com velocidade de até 400 Mbps.  "É a estratégia mais ágil de expansão, adotada por operadoras do mundo todo, como nos Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido", comenta Paulo Cesar Teixeira, CEO da unidade de Consumo e PME da Claro.

No anúncio das novas cidades, nesta quarta-feira, 04/11, o diretor de Marketing da Claro, Márcio Carvalho, reafirmou que a Claro apostou, agora, para trazer o 5G para fazer a diferença na redução das diferenças e desigualdades digitais. "É claro que depois do leilão realizado, de termos novas frequencias e novas torres instaladas, teremos mais 5G", frisou o executivo.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

15/01/2021
Teles querem deixar migração das parabólicas para depois do leilão 5G

14/01/2021
Governo solta atas de registro de preços para órgãos públicos contratarem TIM e Claro

11/01/2021
Consumidor abre mão de acesso 5G por bateria com mais duração

06/01/2021
TIM e Claro levam pregão de telefonia móvel e fixa do governo federal

05/01/2021
Brasileiro será CEO global da Qualcomm a partir de junho

18/12/2020
Abinee: Diferença de custo entre migração e mitigação no 5G é menor do que apontam teles

16/12/2020
Claro se propõe a conectar 15 milhões de hectares de campo em 2021 em parceria com a John Deere

16/12/2020
Capdeville, CTIO da TIM: "Usamos equipamentos chineses há vinte anos e não há nada que desabone a rede brasileira"

16/12/2020
TIM: dizer que 5G DSS não é o 5G é obrigatório para não queimar a tecnologia

15/12/2020
Ceitec, no RS, tem estrutura para produzir chips 5G

Destaques
Destaques

Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

Segundo a mais recente análise da OpenSignal, TIM tem a rede de quarta geração com maior disponibilidade, 88,2%, à frente da Claro (79%) e Vivo (79,5%), Oi (70,2%). 

Um em cada quatro acessos móveis na América Latina será 5G até 2026

Nova edição do Relatório de Mobilidade da Ericsson aponta que até o final de 2020, mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo já estará usando 5G. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Edição de genes: como o 'reparo' do DNA pelo CRISPR impulsionará a Agricultura

Por Eduardo Prado*

Técnica permite o 'reparo' do DNA com altíssima precisão, o que permite, por exemplo, consertar 'mutações defeituosas' do DNA. A aparecimento da técnica deu um grande alento para o tratamento de doenças genéticas complexas. Estima-se que 6.000 doenças genéticas são causadas por mutações defeituosas, e apenas 5% delas pode ser tratada atualmente (sic!) ..


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site