Clicky

Anatel: Crise afetou condições e preço do edital do 5G

Luís Osvaldo Grossmann ... 22/09/2020 ... Convergência Digital

A pandemia de Covid-19 e a crise econômica que ela causou também trouxe impactos para o leilão do 5G. Segundo o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, o próprio cálculo de quanto cobrar pelo espectro sofreu ajustes por conta de efeitos em oferta e demanda, na cadeia de suprimentos e na perspectiva de receitas. 

“A crise, cujo alcance dos efeitos ainda não é plenamente conhecido, afetou não apenas o cronograma do edital, mas certamente impactará as próprias condições editalícias, o preço de referência, a abrangência dos compromissos de cobertura”, disse o presidente da Anatel nesta terça, 22/9, durante o Painel Telebrasil 2020

“Ao precificar o direito de uso de radiofrequência, algumas variáveis são importantes no modelo de negócio e foram impactadas pelo câmbio, custo de capital próprio e de terceiros, as receitas projetadas. As condições econômicas afetam as variáveis estruturais do modelo e tudo isso será refletido nas condições do edital. Ou seja, no curto prazo, foi impactado negativamente pela desaceleração econômica.”

Mas não significa que o espectro vai ficar mais barato. Como também ressaltou Morais, além do valor da oportunidade, a operação envolve questões técnicas com impacto financeiro, notadamente uma solução de convivência com as antenas parabólicas e o ressarcimento de operadores de satélite diante da oferta maior que a inicialmente prevista na faixa de 3,5 GHz. 

“Trabalhamos com um edital orientado para uma abordagem não arrecadatória. Mas isso não significa disponibilizar esse recurso escasso por valor inferior ao custo de oportunidade. Uma abordagem não arrecadatória prioriza a aplicação de recursos no setor, pela via de compromissos para aprimorar a malha de rede. Mas, além disso, os recursos do leilão serão necessários também para outros fins, entre os quais endereçar a politica pública e proteger a recepção do sinal de TV através dos sistemas satelitais. Se de fato decidirmos avançar na banda C estendida, de 3,625 MHz até 3 3,7 MHz, podemos incorrer em ressarcimento às operadoras satelitais. Ou seja, fora a complexidade, estaríamos também a falar de mais recursos.”

Conclui o presidente da Anatel que “muita parcimônia será necessária nessa análise, caso contrário o edital deixa de ter abordagem não arrecadatória, e passar a ter uma abordagem arrecadatória. Não necessariamente em favor do Estado, mas para contemplar outros custos relacionados à disponibilização da faixa”.


Internet Móvel 3G 4G
Bradesco é primeiro banco privado a aderir ao login único do governo

Assim como acontece com os clientes do Banco do Brasil e Banrisul, será possível acessar serviços do portal Gov.br utilizando as mesmas credenciais para o banco por meio do QR Code. As ações de transformação digital no governo serão tema do 5X5 TecSummit, que acontece de 07 a 11 de dezembro. No dia 07 de dezembro, teremos a participação do secretário de governo digital, Luis Felipe Monteiro.

Oi é única a crescer na TV paga, mercado que encolhe há seis anos sem reagir

No acumulado de janeiro a outubro de 2020, já se foram mais 660 mil acessos perdidos no segmento – e quase 5 milhões desde o pico, em 2014. 

Anatel encerra ciclo de TACs em acordo fraco com Algar

Depois de fracassar na troca de multas por investimentos com Oi, Vivo e Claro, agência contabilizou sucesso somente com a TIM e permitiu à Algar cortar mais da metade do acerto inicialmente firmado. 

Anatel renova faixa de 850 MHz para Vivo, mas nega pedido de redução de preço

Empresa renovou apelo ao regulador para que fosse aplicada a regra do preço público ou ônus de 2%, ambos abaixo do valor de mercado.

STF julga inconstitucionais leis de BA e RJ sobre créditos pré pagos e cobrança de serviços

Mais uma vez, Supremo ressaltou que, ainda que importantes ações em defesa dos consumidores, normas estaduais não podem invadir a competência privativa da União de legislar sobre telecomunicações. 

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G