Home - Convergência Digital

Executivo brasileiro faz IBM ir à Justiça contra a Microsoft

Convergência Digital - 26/06/2020

A IBM está em batalha judicial para impedir que o ex-presidente da empresa no Brasil, Rodrigo Kede Lima, que teve uma rápida passagem pela TOTVS, em 2015, e retornou à companhia para assumir o comando na América Latina, assuma cargo de vice-presidente na Microsoft. A empresa acusa Lima de violar acordo de não competição e se apropriar indevidamente de segredos comerciais, segundo a ação apresentada em 15/6 à Justiça de Nova York. 

“Lima está violando o acordo de não competição ao buscar colocação imediata nos altos níveis da Microsoft, onde ele não terá como evitar explorar as relações com clientes da IBM e usar o conhecimento de planos confidenciais para enfrentar a IBM”, alega a empresa na ação, na qual exige ainda a devolução do equivalente a US$ 1,3 milhão (cerca de R$ 7 milhões) em opções de ações. 

À Justiça, Rodrigo Lima afirmou que a IBM não pode impedi-lo de aceitar a nova posição como vice presidente para a América Latina da Microfost. “Meu trabalho na Microsoft não colocará a IBM em nenhuma desvantagem competitiva”, disse, ao insistir que ser impedido de trabalhar por um ano seria uma significativa dificuldade indevida. 

Lima renunciou ao cargo na IBM em 18 de maio, com a perspectiva de começar na Microsoft dois dias depois. A data foi posteriormente adiada, por reclamação da IBM, para 19 de junho. Agora, será preciso esperar pelo menos até meados de julho, pois uma audiência judicial está prevista para 14 do próximo mês – por enquanto, o juiz federal Philip M. Halperin impede o executivo de assumir. 

O brasileiro, que mora em Riverside, Connecticut, nos EUA, trabalhou para a IBM por 25 anos. Em 2012, era o gerente geral para a América Latina. Em 2015, deixou a IBM para assumir o comando da TOTVS, mas não ficou na companhia brasileira sob alegação de problemas de saúde. Mas foi logo anunciado como presidente da IBM para a América Latina. Em 2017, foi promovido a gerente global de serviços. Em janeiro, passou a supervisionar as 77 contas mais valiosas da IBM. A reclamação judicial da IBM aponta que “Lima estava no 1% do topo dos principais executivos da empresa, com assento na mesa juntamente com o presidente do conselho e do CEO”. 

A IBM alega que Lima detém segredos e estratégias corporativas, inclusive informações confidenciais sobre os principais clientes. Cita a computação em nuvem como uma das áreas de maior competição entre a IBM e a Microsoft, sendo que o executivo teria profundo conhecimento dos produtos em desenvolvimento. E que a competição é especialmente forte na América Latina.

Rodrigo Lima recebeu mais de US$ 4 milhões da IBM nos últimos cinco anos. E segundo a empresa, concordou em não aceitar uma posição em concorrente ou investir sobre clientes da IBM por um período de 12 meses após deixar a companhia. 

Ele, por sua vez, alega que a IBM exagera sobre seu conhecimento de produtos e estratégias e que as informações financeiras que possui não tem relevância para além do trimestre, sem conhecer planos para os próximos 12 meses. Também alega que não conduziu qualquer negócio para a IBM na América Latina desde julho de 2018. Além disso, aponta que a concorrência indicada pela IBM é duvidosa, uma vez que a América Latina representaria somente 5% do mercado global da IBM. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/03/2021
Mais de 10 mil servidores seguem em risco alto por falha no Microsoft Exchange

19/03/2021
Governo e Microsoft lançam seis cursos online em nova Escola do Trabalhador

16/03/2021
Microsoft: Atualizem o quanto antes os servidores Exchange

02/03/2021
STJ mantém multa de R$ 310 mil contra Microsoft por não identificar autor de ameaças por e-mail

24/02/2021
Microsoft anuncia cobertura do Microsoft 365 Multi-Geo para o Brasil

11/01/2021
Goiás adere à redução de preços negociados pelo governo federal com a Microsoft

04/01/2021
IBM nomeia primeira mulher para a gerência geral no Brasil

18/11/2020
CGU passa a armazenar dados no Brasil com novo datacenter da Microsoft

11/11/2020
Marcelo Menta assume vice-presidência de Vendas de Nuvem da Microsoft

06/11/2020
Pregão de R$ 48,7 milhões de Office 365 é reaberto sem mudanças no edital

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Muito além do modismo. Muito prazer, Python!

Por Guilherme Lima*

Além de aumentar a produtividade do desenvolvedor, muitas vezes, a linguagem Python vai além de linguagens compiladas ou estaticamente tipadas, como C, C ++ e Java. É importante lembrar que o código Python tem, normalmente, de um terço a um quinto do tamanho do código C ++ ou Java, por exemplo. Isso significa que há menos para digitar, depurar e menos para manter após o fato.

Destaques
Destaques

TIC incorporou 59 mil novos profissionais e gerou 1,62 milhão de empregos em 2020

Apesar da adversidade econômica e social com a Covid-19, TIC manteve a empregabilidade em alta. "Respondemos à desoneração da folha de pagamentos cumprindo o que nos cabia. Gerar empregos", afirmou o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

Marcos Pontes: O Brasil dá muito pouco valor ao ensino técnico

Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação advertiu que no Brasil esse apoio está muito aquém do desejado. Marcos Pontes também defendeu a concessão de incentivo para a contratação de mestres e doutores pelas empresas privadas.

Receita Federal: Saiba como declarar jornada reduzida no Imposto de Renda

A maior parte dos funcionários do setor de TICs foi incluído no Benefício Emergencial de Preservação de Emprego e da Renda (BEm) em 2020 como medida para aliviar o impacto econômico da Covid-19. Fisco orienta como acertar as contas.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site