Clicky

Convergência Digital - Home

Dataprev vai comprar Inteligência Artificial e exige uso da nuvem pública

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 22/06/2020

A Dataprev se prepara para comprar Inteligência Artificial por um um período de 24 meses, incluindo os serviços de Capacitação Técnica e 5.760 (cinco mil setecentos e sessenta) horas de Orientação Técnica, a serem utilizadas sob demanda. A estatal de TI não determinou o montante máximo a ser gasto com a aquisição, mas deixa claro no edital que a IA terá de se adequar à nuvem pública.

De acordo com a Dataprev, a interessada deverá ofertar uma solução que contemplem as tecnologias: análise Preditiva, Machine Learning e Deep Learning; Reconhecimento Visual; OCR; Chatbot; Processamento de fala, Tradução de texto; Processamento de Linguagem Natural. A IA deverá falar português também como forma de acessibilidade aos funcionários.

O prazo para solicitação de esclarecimentos é dia 06 de julho. A entrega de proposta está agendada para 20 de julho. A documentação completa encontra-se à disposição dos interessados na página da empresa no endereço www.dataprev.gov.br

A Dataprev já possui uma IA, apresentada em março ao mercado, batizada de Isaac e foi criada para agilizar a análise de processos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com o órgão, no final de maio, eram 280 mil pedidos de auxílio-doença em análise, que somados aos demais requerimentos chegam a 615 mil pedidos ainda dependendo de análise do INSS.


Destaques
Destaques

Multinuvem do Serpro vai concorrer com a do Ministério da Economia

Estruturada a parceria com AWS, Huawei e Azure, da Microsoft, estatal passa a disputar contratos com órgãos públicos, em briga direta com nuvem licitada e gerida pela Secretaria de Governo Digital.

Por que se tornar uma empresa data-driven?

Data-driven ou orientada a dados. É esse o novo lema das companhias que, cada vez mais, estão armazenando e analisando dados em busca de insights de negócios. Mas o que as empresas devem fazer para abraçarem os dados de forma a promover benefícios estruturais e longevos? A resposta não é simples.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site