Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

No Brasil, 58% dos usuários usam apenas o celular para acessar à Internet

Ana Paula Lobo ... 26/05/2020 ... Convergência Digital

O celular é o principal meio de acesso à Internet de 58% dos usuários da rede mundial no País, revela a TIC Domicílios 2019, divulgada nesta terça-feira, 26/05, pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

O estudo mostra que o celular é o único meio de acesso à Internet de 85% dos usuários das classes D e E e de 70% dos usuários nas áreas rurais. Se somar os acessos das classes A, B e C, o celular é usado por 99% da população para ter algum tipo de acesso à rede mundial. O uso exclusivo do telefone celular também predomina entre a população preta (65%) e parda (61%), frente a 51% da população branca.

Pelo quarto ano consecutivo, a pesquisa verificou uma redução da presença de computadores nos domicílios, passando de 50% em 2016 para 39% em 2019. Os computadores estão presentes em 95% dos lares da classe A, mas aparecem em menos da metade - 44% - dos lares da classe C e em apenas 14% dos domicílios das classes D e E. Um dado curioso é o avanço das TVs no acesso à Internet. A massificação do streaming e do consumo de vídeos  e as TVs inteligentes colocam TVs quase no mesmo patamar dos PCs nas classes mais abastadas - 42% a 37%. 

O estudo aponta que sssistir a vídeos (74%) e ouvir música (72%) também estão entre as atividades mais realizadas pelos usuários de Internet brasileiros. Isso corresponde a pouco mais da metade da população acima dos 10 anos que realiza tais atividades (56%), havendo, nos últimos anos, uma ampliação do consumo via streaming, mas poucos ainda pagam pelo consumo. O pagamento para assistir a filmes e séries na Internet ocorre em quase a metade dos indivíduos da classe A, e cerca de um terço da classe B, sendo pouco comum entre usuários das classes C, D e E.

Em termos de penetração de acesso à Internet, a desigualdade digital é uma marca da TIC Domicílios 2019. Se na região sudeste, ela é de 75%, na região Nordeste, o percentual cai para 65%. "A verdade é que nas classes A e B e até na C, o acesso à Internet se massificou com a combinação dos dispositivos. O nosso grande gargalo segue sendo as menos favorecidas, as classes D e E, que seguem sem conexão, sem equipamentos e só com o celular", observa Alexandre Barbosa, gerente do CETIC.br.

O levantamento também mostra que o Brasil conta com 134 milhões de usuários de Internet, o que representa 74% da população com 10 anos ou mais. Apesar do aumento significativo nos últimos anos na proporção da população brasileira que usa a Internet, cerca de um quarto dos indivíduos (47 milhões de pessoas) seguem desconectadas.


Telesat e TIM testam uso de satélite LEO para backhaul e 5G

Durante os cinco dias de testes, as equipes mediram o desempenho do tráfego de dados nas aplicações móveis 4G utilizando o satélite LEO, atingindo uma latência média de 38ms.

Guarulhos é o primeiro aeroporto do mundo com Wi-Fi em OpenRoaming

Serviço está disponível no terminal internacional, 3, do maior aeroporto da América Latina. O OpenRoaming permite roaming automático e contínuo entre as redes Wi-Fi e de celular, Wi-Fi 6 e 5G.

Desbancarizados movimentam cerca de R$ 800 bilhões por ano

"Pode parecer clichê, mas a empatia e a confiança são essenciais. O novo onboarding não é só tecnologia. É cultura e pessoas", afirma o gerente de soluções da diretoria de Tecnologia do BB, Eric Flavio Araújo.

Com R$ 1,3 milhão do BID, Anatel vai medir falta de internet a cada 600 metros

Nas contas do BID, Brasil precisa de R$ 100 bilhões para alcançar média de penetração da banda larga dos países da OCDE.

Telebras renova uso de fibras da Petrobras por R$ 59,8 milhões

Estatal também prorrogou acordos que garantem backbone com empresas de energia do grupo Eletrobras.

IBGE: Internet chega a 82% dos domicílios, mas 40 milhões de brasileiros seguem sem acesso

Segundo dados da PNAD de 2019, rendimento médio dos lares com internet (R$ 1,5 mil) era o dobro daqueles sem conexão (R$ 728). A desigualdade digital segue sendo uma marca do segmento Internet no Brasil.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G