Home - Convergência Digital

STF suspende Lei de SC que proíbe SVA nos planos de telecom

Convergência Digital* - 08/05/2020

Por maioria, o plenário do Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucional a lei 17.691/19, de Santa Catarina, que proíbe a oferta e a comercialização de serviços de valor adicionado, digitais, complementares, suplementares ou qualquer outro de forma onerosa ao consumidor, quando agregados a planos de serviços de telecomunicações.

A lei proíbe a oferta e a comercialização de serviços de valor adicionado (como conexão à internet de banda larga, hospedagem de e-mail, armazenamento em nuvem e streaming), digitais, complementares, suplementares ou qualquer outro, independentemente de sua denominação, de forma onerosa ao consumidor, quando agregados a planos de serviços de telecomunicações.

A norma considera ainda práticas abusivas e lesivas ao consumidor: a cobrança de serviços de valor adicionado, digitais, complementares, suplementares ou qualquer serviço em fatura de plano de serviço de telecomunicações, sem autorização prévia e expressa do consumidor, e a falta de atendimento à solicitação do consumidor para cancelar cobrança indevida e restituí-lo dos pagamentos indevidamente realizados.

O julgamento ocorreu por meio do meio virtual:

“O Tribunal, por maioria, converteu o julgamento da cautelar em definitivo de mérito e julgou procedente o pedido formulado na ação direta para declarar a inconstitucionalidade da Lei nº 17.691/2019 de Santa Catarina, nos termos do voto da Relatora, vencido o Ministro Marco Aurélio. O Ministro Edson Fachin acompanhou a Relatora com ressalvas. Não participou deste julgamento, por motivo de licença médica no início da sessão, o Ministro Celso de Mello.”

* Do portal Migalhas

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/09/2020
Anatel tem primeiro voto para permitir prorrogação das bandas A e B

14/07/2020
Teles quebram dados móveis em bairros e regiões para combate à Covid-19

10/07/2020
Telecom, TV paga, satélite e cinema derrubam Serviços para pior nível desde 2011

03/07/2020
Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

08/06/2020
Justiça mantém uso de celulares para monitoramento da Covid-19 em São Paulo

22/05/2020
TST adota aplicativos de mensagens para conciliar patrões e empregados

18/05/2020
MPF quer que STF autorize acesso a dados de celular sem ordem judicial

14/05/2020
LGPD faz falta para cuidar da privacidade no uso de dados na Covid-19

13/05/2020
TJSP revê decisão e autoriza monitoramento de celular para controle da Covid-19

12/05/2020
Na contramão dos Serviços, TI cresce 10,4% em março

Destaques
Destaques

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Covid-19 não é desculpa e Brasil perde dinheiro e status ao atrasar o 5G

O mundo não vai esperar o Brasil resolver seus problemas e o 5G está acontecendo, advertiu o consultor sênior da Omdia, Ari Lopes. Governo terá de decidir se busca investimentos de longo prazo ou de curto prazo. Omdia prevê um impacto de US$ 1,1 trilhão no Brasil de 2021 a 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site