Receita global de telecom vai perder R$ 200 bilhões em 2020

Convergência Digital ... 16/04/2020 ... Convergência Digital

As operadoras de telecomunicações devem sofrer uma queda de 3,4% nas receitas em 2020 como consequência da pandemia do novo coronavírus. A projeção é da consultoria Analysys Mason e vale para o mercado global.  As maiores perdas devem ficar com operadoras em países em desenvolvimento. Nas contas da Analysys Mason, haverá perdas de US$ 40 bilhões em cada um dos anos de 2020 e 2021 nesses países. 

A empresa também projeta que alguma recuperação, da ordem de 0,8%, virá em 2021. Antes da pandemia, as estimativas eram de crescimento de 0,7% das receitas em 2020. 

Os analistas da consultoria justificam a queda nas receitas como consequência do aumento do desemprego, fechamento de negócios, além do esfriamento da economia de forma geral, com impacto na demanda por serviços corporativos. 

Por outro lado, na ponta dos serviços para os consumidores haverá maior demanda, o que alimenta a perspectiva de a maioria das operadoras será capaz de garantir bons níveis de resiliência no faturamento. 

No campo da recuperação pós-crise, a expectativa é que a queda nos investimentos neste momento seja compensada por aportes no 5G, que deverão contar com estímulos governamentais. 


Internet Móvel 3G 4G
OpenRAN aberta: o xeque-mate do xadrez geopolítico do 5G

Fornecedores precisam  se comprometer mais com a compatibilidade com RAN aberta e os EUA precisam correr  para não perder de vez mercado para Ásia e Europa, advertiu o vice-presidente de estratégia de rede da Telus, Bernard Bureau.

Relator no Senado propõe desoneração de IoT e VSats sem mudar texto da Câmara

Relator do PL 6549/19 na CCT, senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) sustenta que isenção de Fistel, Condecine e CFRP vai, na prática, aumentar a arrecadação . “Ganho líquido na arrecadação será de R$ 2,9 bilhões”, afirma. 

Empate suspende decisão do STF sobre desbloqueio de celular em 24 horas

Operadoras questionam no Supremo uma lei do Rio de Janeiro que determina o desbloqueio da linha 24 horas após quitação de dívida. Placar está em 5 a 5. 

Para Oi, assinatura básica teria que ser acima de R$ 100 para pagar concessão

Presidente da Oi, Rodrigo Abreu, diz que a pandemia foi ruim para o setor e que a busca pelo equilíbrio é fundamental. “O ‘break even’ seria mais caro que um pacote básico de banda larga."

Copel Telecom marca privatização para novembro e quer R$ 1,4 bilhão

Edital de venda do braço de telecomunicações da estatal paranaense de energia é previsto para 21/9. Empresa tem 34 mil km de fibras em 399 municípios. 

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G