GESTÃO

Apenas uma em quatro empresas no Brasil investiu em adequação à LGPD

Convergência Digital ... 26/03/2020 ... Convergência Digital

Se antes do surgimento da covid-19 apenas uma em cada quatro empresas estavam com iniciativas de adequação à Lei Geral de Proteção de Dados, agora existem ainda mais obstáculos para essa preparação até agosto deste ano, quando a lei começará a vigorar. E esse é apenas um dos desafios trazidos pelo novo coronavírus, segundo avalia a IDC Brasil. Mas é bom lembrar que o Governo não se mobilizou para fazer valer a vigência da LGPD, uma vez que - antes da pandemia - não se mobilizou para formalizar a Autoridade Nacional de Dados, crucial para sustentar o cumprimento da nova legislação.

“Neste  momento, as empresas precisam manter o negócio e continuar gerando receita. Quem conseguir se posicionar em um cenário adverso, mudando seus canais de relacionamento e se adaptando ao digital, já pensando em como tratar a privacidade de seus clientes, lidará melhor com a crise”, aponta Luciano Ramos, gerente de pesquisa e consultoria em Enterprise da IDC Brasil. Segundo ele, o impacto claramente é negativo, mas em diferentes níveis. “O mercado de devices será o mais afetado, porque há interrupção de toda a cadeia produtiva. Em enterprise, as empresas continuarão consumindo soluções de infraestrutura”.

O gerente da IDC Brasil lembra que o porte, fôlego e disposição das empresas perante as adversidades também deve ser considerado. “Vemos oportunidades nas grandes empresas, que têm musculatura para situações de risco ou crise. Já nas empresas de pequeno e médio porte, existe a dificuldade em se adaptar com as mudanças na dinâmica do mercado, como a forma de se relacionar e trabalhar em um ambiente digital”.

Entre as oportunidades neste cenário está o trabalho remoto. Com ele, soluções de colaboração, conectividade e comunicação ganham importância. “É um mercado que vai crescer nos próximos meses”, finaliza o gerente de pesquisa da IDC Brasil.


Ex-presidente dos Correios assume o ITI

ATUALIZADA - Carlos Roberto Fortner, que comandou a ECT em 2018, como o Convergência Digital antecipou foi nomeado para o cargo. Atual presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, Marcelo Buz, se despediu do posto pelas redes sociais. 

Serpro procura imóvel para nova sede em Brasília e espera cortar custo em 30%

Ao pedir ofertas a interessados, estatal indica buscar espaço menor que atual e com capacidade para 700 funcionários. Atualmente são cerca de 1,1 mil. Movimento será repetido nos estados. 

Governo reabre prazo para doações de PCs, notebook e tablets para teletrabalho

Empresas e cidadãos poderão doar equipamentos de informática até 29/5.  Nos últimos dias, mais de 24 desktops foram doados para a prestação de serviços públicos remotos.

BNDES descontinua BNDES Direto 10, voltado para PMEs de TICs

Durante evento da ABES sobre competitividade para o setor, o diretor do banco de fomento para TI, Carlos Azen, calculou que setor de software captou R$ 26 milhões, dos R$ 2 bilhões em financiamentos no primeiro quadrimestre de 2020.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G