Home - Convergência Digital

Segurança cibernética é tema da 3ª edição do Hackathon Unisys/FEI

Convergência Digital* - 19/02/2020

Em parceria com o Centro Universitário FEI, a Unisys anuncia a terceira edição de seu Hackathon com foco em segurança digital. Com o tema "Cybercrime: a new business risk for global economies", a maratona tem o objetivo de estimular a criação de soluções de combate e prevenção aos cibercrimes - o segundo maior desafio de negócios para as empresas de acordo com relatório do World Economic Forum. A edição 2020 do evento acontece em 9 de maio, no campus da FEI em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo).
   
Os interessados podem se inscrever para a maratona tecnológica em equipes de dois a cinco membros, pelo site http://hackathonunisys.com.br, até 10 de abril. As premiações totalizam R$ 8 mil, dos quais R$ 4 mil são para o primeiro colocado, R$ 2,5 mil para o segundo e R$ 1,5 mil para o terceiro. O primeiro colocado também terá a chance de apresentar o projeto vencedor ao board de executivos da Unisys e participará de uma vivência organizacional para conhecer a rotina das principais áreas de negócios e suporte da companhia, além de obter dicas práticas e treinamentos soft skills da Unisys University.

"Mais uma vez reforçamos nossa estratégia em segurança cibernética com um projeto que tem como objetivo fomentar inovações nessa área. Segurança digital é hoje parte integrante de qualquer estratégia de transformação digital e o Hackathon é uma maneira de incentivar o surgimento de boas e novas ideias com impacto positivo tanto para o mercado corporativo quanto para o universo acadêmico", afirma Alexis Aguirre, diretor de segurança da Unisys para a América Latina.

A competição é aberta a participantes de todo o Brasil com idade igual ou superior a 16 anos. É recomendável que os times sejam formados por integrantes com habilidades em áreas diferentes e complementares (como Engenharia, Tecnologia, Comunicação, Administração, Marketing, Design etc.) para as equipes reunirem tanto conhecimento técnico, quanto soft skills, a fim de estruturarem o projeto que será avaliado pela comissão julgadora, formada não apenas por executivos da Unisys e professores da FEI, mas também por clientes e parceiros.

Ao se inscreverem, os candidatos terão de optar por um dos quatro temas-chave, no qual se basearão para desenvolver seus projetos. São eles:

• Always On - exercício que contemple um plano de contingência e gerenciamento de crise mediante um ataque digital, de forma a isolar a ameaça, manter a operação sem interrupções e a partir daí definir estratégias, ações, prazos e responsáveis por cada etapa do plano de contingência;

• Cloud Secure - proposta que utilize a plataforma Stealth para projetar soluções de proteção para um ambiente em nuvem (pública, privada, data center interno) e Disaster Recovery de forma a conter e isolar a ameaça e permitir a continuidade dos negócios. Para os que optarem por este tema, será disponibilizado um treinamento online*;

• Zero Trust - exercício para idealizar uma solução de gerenciamento de vulnerabilidades que possa alertar cidadãos, empresas e autoridades competentes sobre níveis de riscos com base em comportamentos anômalos e, assim, contribuir para ambientes mais seguros;

• Safer City - proposta que utilize dados públicos (estruturados e não estruturados, desde uma base de dados de autoridades até mídias sociais) para fornecer informações e/ou análises que possibilitem o deslocamento mais seguro de pessoas em áreas urbanas.

*Participantes que optarem pelo tema número 2 terão acesso a um treinamento disponibilizado gratuitamente pela Unisys sobre a plataforma Stealth™.

Na seleção dos candidatos, a equipe de jurados avaliará informações técnicas, inovação dos projetos, cumprimento dos prazos e habilidade das equipes, a partir do documento fornecido para avaliação antes da competição e durante as atividades desenvolvidas no dia da maratona. O anúncio dos participantes selecionados para a competição será feito no dia 23 de abril no site oficial do evento (http://hackathonunisys.com.br).

Serviço - Hackathon Unisys-FEI

Tema: "Cybercrime: a new business risk for global economies"

Data: 9 de maio de 2020

Local: FEI - São Bernardo do Campo (Av. Humberto de Alencar Castelo Branco, 3972-B - Assunção, São Bernardo do Campo - SP)

Horário: 7h30 às 19h30

Inscrições e informações: http://hackathonunisys.com.br

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

24/06/2020
Brasileiro se irrita com a venda dos seus dados às empresas

19/02/2020
Segurança cibernética é tema da 3ª edição do Hackathon Unisys/FEI

12/02/2020
Mauricio Cataneo, ex-CFO, assume a operação na América Latina da Unisys

18/06/2019
Unisys: nenhum dispositivo, nenhum software, nenhum usuário é confiável

28/05/2019
Projeto "W.A.S.P" foi o vencedor do Hackathon Unisys -Mauá

14/05/2019
Unisys/Mauá prorrogam inscrições para maratona de inovação em São Paulo

08/04/2019
Mesa redonda sobre cibersegurança acontece no dia 10 de abril, em Brasília

29/03/2019
Unisys promove hackathon sobre segurança das cidades digitais

20/03/2019
Unisys abre 90 vagas no Brasil. São 200 na América Latina

04/12/2018
Dados Pessoais: Unisys diz que tempo é curto e adequação exige a presença do CEO

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site