11/12/2019 às 14:30
Segurança


Dispositivos conectados: fabricantes precisam ter regras para cumprir no País
Luís Osvaldo Grossmann

A multiplicação de dispositivos conectados, mas em muitos casos ainda suportados por protocolos que não priorizam segurança, exige atenção da sociedade e do governo, alerta o assessor do Centro de Tratamento de Incidentes de Redes do Governo, Democlydes Carvalho.

Ao discutir o tema no 7º seminário Cyber Security – Gestão de Risco no Governo, promovido pela Network Eventos em Brasília, Carvalho defendeu maior regulação e fiscalização desde a fabricação dos dispositivos. 

“Outro grande problema nessa diversidade de dispositivos, claro que não são todos, é no firmware já ter previsão de login e senha sem que consiga alterar. Então há a possibilidade de ataque sobre esse dispositivo e ele se torna mais um em um exército de zumbis que proporciona incidentes, por exemplo, de negação de serviço. É grave. Há necessidade de se ter atenção, colocar regras em cima dos fabricantes. Porque para todos é mais interessante, no lugar de fazer atualização do sistema, lançar um novo produto no mercado.”


Powered by Publique!