Clicky

Falta um orquestrador para resolver o conflito do uso dos postes

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 13/11/2019 ... Convergência Digital

Não há uma agenda comum entre os diferentes entes envolvidos na questão do uso dos postes, admite Renato Paschoareli, diretor de estratégia e regulatório da Algar Telecom. "Esse não é um problema da operadora A com a operadora B. Não é um problema privado. Não há um bom termo entre todas as partes envolvidas", reforça o executivo.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o XII Seminário TelComp 2019, realizado nesta terça-feira, 12/11, o executivo enfatizou que falta um órgão orquestrador para tentar minimizar a questão. "Existe uma infraestrutura escassa. A disponibilidade de dutos é crítica no Brasil. O País se conecta de forma aérea. Na prática, são três entes distintos (ANP, Aneel e Anatel) que têm custos e interesses distintos. Falta quem faça a orquestração", reforça Paschoareli.

O executivo da Algar Telecom lembra que é impossível pensar em 5G se não houver uma organização do uso dos postes, com preços compatíveis para todos. Segundo ainda Paschoareli, esse é um problema de Estado uma vez que conectividade é essencial na economia digital. Assista a entrevista.


Internet Móvel 3G 4G
Leilão 5G: Teles aguardam por 'eventuais ajustes' no edital e pelo TCU

Em nota oficial da Conexis Brasil Digital, as teles sustentam que precisam de 'regras estáveis, claras e transparentes que garantam a livre iniciativa, segurança jurídica e regulatória do certame'.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Anatel aprova uso da faixa de 6GHz para não licenciado e Brasil se abre para Wi-Fi 6E

Agência manteve as condições submetidas à consulta pública, de uso integral da frequência entre 5,925 GHz e 7,125 GHz para aplicações não licenciadas. 

Veja mais matérias deste especial    •    Inscrição gratuita - Clique aqui

CVM cobra Telebras que anuncia renovação por 10 anos de contrato com Eletrobras

Acordo vale para o uso de fibras óticas e infraestrutura de telecomunicações com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte) e Furnas Centrais Elétricas S/A (Furnas). Estatal teve movimentação atípica de ações.

Minicom: “Queremos o 5G standalone, que é o 5G de verdade, não um 4G plus”

Ao concluir viagem à Europa e Ásia para falar com fabricantes de equipamentos, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, avisou que o governo também defende a exigência do release 16 do 3GPP no leilão da quinta geração. 

Claro e Vivo se isolam contra a exigência do 5G pleno

TIM, provedores regionais, pequenos prestadores e operadoras competitivas reforçaram aos parlamentares que 5G pleno não custa mais nem atrasa implementação no Brasil.

Anatel publica regras para fim das concessões de telefonia

Regulamento de Adaptação do STFC traz prazos e procedimentos para Oi, Telefônica, Claro, Algar e Sercomtel decidirem sobre a migração do regime público para privado. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G