INOVAÇÃO

Transformação digital é um dos temas da 4ª edição da O&G TechWeek

Convergência Digital ... 16/08/2019 ... Convergência Digital

Durante cinco dias, mais de 90 palestrantes nacionais e internacionais do setor de óleo e gás e do ecossistema de inovação debaterão o impacto das tecnologias digitais no futuro dos segmentos de Upstream, Downstream, Gás e Energia e os possíveis desdobramentos em outros setores da economia. O encontro acontecerá na O&G TechWeek, primeiro evento brasileiro focado em tecnologia e tendências para o futuro do setor que, esse ano, conta com a parceria do Conselho Mundial de Petróleo (WPC, na sigla em inglês).

Com uma programação de talk shows, estudos de casos e atividades interativas, o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), idealizador e realizador do evento, busca conectar os maiores players do setor de energia com pesquisadores, investidores, empreendedores, startups e empresas de ponta da área de tecnologia. O desafio é garantir que o bom momento da indústria de petróleo e gás brasileira resulte em uma verdadeira transformação digital no segmento, em linha com o que se espera da indústria 4.0.

"A O&G TechWeek é um estímulo para que essa indústria transcenda suas fronteiras e práticas tradicionais, pavimentando um caminho de maior cooperação e se abrindo às otimizações em processos e à aplicação de tecnologias digitais. Existem oportunidades de ganhos imediatos e significativos se contarmos com a participação dos principais atores deste ecossistema", afirma Augusto Borella, gerente de Transformação Digital da Petrobras e Chairman do Comitê Técnico da O&G TechWeek.

Dessa vez, a O&G TechWeek acontece em um espaço que já se consolidou como um hub (ou plataforma) de inovação: a revitalizada região portuária do Rio de Janeiro, no mesmo endereço ocupado pela Fábrica de Startups, uma das parceiras do evento. Outra novidade é a realização pelo WPC do Expert Workshop, nos dias 26 e 27. O encontro contará ainda com um dia dedicado à Alemanha, país considerado líder na revolução 4.0.

"Queremos trazer o benchmark de políticas públicas de fomento ao desenvolvimento de tecnologia e inovação e de capacitação de mão de obra qualificada para atendimento aos novos requisitos da transformação digital, além de networking entre os participantes", explica Melissa Fernandez, gerente de Tecnologia e Inovação do IBP.

No dia 30 de agosto, a agenda do evento inclui também o TechTour, visitas aos principais centros de pesquisa e tecnologia do Rio de Janeiro, além de hackathons e sessões de pitchs de startups. Tais iniciativas foram pensadas para propiciar a interação e a troca de experiências entre o setor de óleo e gás e o ecossistema de inovação. "Incluímos uma programação voltada para atração de um público jovem, atento às oportunidades da indústria de O&G", explica o Borella.

Serviço:

O&G TechWeek

Data: 26 a 30 de agosto

Local: AQWA Corporate - Via Binário do Porto, 299 - Santo Cristo

www.ogtechweek.com.br


Maganine Luiza abre concurso para escolher startups

Rede varejista está com inscrições abertas para o seu primeiro pitch day de serviços digitais. "Queremos todos os tipos de startups", avisa a gerente do Magazine Luiza, Juliana Silva.

Só a inovação tira o Rio de Janeiro da estagnação econômica

A afirmação é do presidente do TI Rio, Benito Paret. Segundo ele, o Estado do Rio de Janeiro tem de buscar novos caminhos e eles passam pela inovação.

Petrópolis terá sensores IoT para prevenção de enchentes

Iniciativa é um projeto-piloto de cidades inteligentes, em parceria com o BNDES e com a ENEL, e começa a ser implantado no começo de 2020, revela o secretário de Desenvolvimento do município, Marcelo Fiorini. "Política pública não pode ser projeto político. Ela é de longo prazo", observa o executivo.

Startup cria software para detectar interações perigosas entre máquinas e homens

Até então incubada na UFF, no Rio de Janeiro, a Displace desenvolveu um software para proteger o homem na rotina da indústria 4.0. A ideia atraiu a atenção de grandes empresas, entre elas, a Ambev.

Finep tem crédito de R$ 200 milhões para projetos de indústria 4.0

Linha vai apoiar projetos em internet das coisas, big data, computação em nuvem, segurança digital, robótica avançada, manufatura digital e aditiva, inteligência artificial e digitalização.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G