OPINIÃO

Inteligência Artificial avança no segmento imobiliário

Por Carol Salgueiro*
20/12/2018 ... Convergência Digital

Antes algo que parecia impossível de ser verdade, a inteligência artificial, hoje, já faz parte de diversos segmentos do mercado de maneiras completamente diferentes. Sua versatilidade e possibilidades praticamente infinitas fazem com que seja possível, por exemplo, auxiliar uma empresa de logística a encontrar o melhor caminho e a distribuição mais eficiente para as entregas da operação.

Outro exemplo de uso da I.A. são os sistemas de gestão de estoque, que conseguem às vezes, sem interferência direta, determinar quais serão os volumes de entrada e saída de mercadorias, somente com o que a própria máquina ou sistema entende daquilo tudo. Os negócios gerados pela inteligência artificial cresceram em 2018. Agora, a vez é do mercado imobiliário, que já começa a colher os frutos do uso das tecnologias de maneira eficaz em algumas etapas e processos relacionados ao segmento, desde a avaliação até mesmo a compra e venda dos ativos.

A inteligência artificial e o mercado imobiliário

O mercado imobiliário, atualmente, se consagra a cada ano como um dos mais movimentados e importantes para a economia de modo geral. Por essa razão e por sua alta competitividade, é necessário que tudo esteja sempre atualizado e seguindo as tendências e novidades oferecidas em termos de tecnologia. Afinal, quanto mais inteligentes forem os sistemas, melhor e mais rapidamente o mercado funcionará.

Em termos de variedade, o segmento imobiliário se destaca, muitas vezes, em usabilidade dos processos oferecidos pela inteligência artificial. Alguns deles, inclusive, já fazem parte do cotidiano de quem trabalha e de quem procura imóveis para morar ou investir, e merecem destaque por sua importância para o ramo. Veja alguns exemplos:

Buscadores

Os buscadores de imóveis são alguns dos recursos mais comumente usados pelas empresas do mercado. Isso porque eles facilitam o direcionamento das pesquisas e ajudam a trabalhar melhor os outros pontos da busca, como a recomendação, por exemplo, sobre a qual falaremos em breve

Entretanto, o grande fator de destaque dos novos buscadores fica por conta da aceitação e sinergia para que possam ser integrados a sistemas de inteligência artificial dos mais complexos. Tudo começa ali, para então entrar em uma rede gigante de máquinas que já podem raciocinar tão bem quanto os humanos.

Recomendação de imóveis

A recomendação de imóveis é um dos usos mais efetivos do big data no mercado imobiliário. Com precisão, os sistemas responsáveis pela ação de recomendar os imóveis utilizam as informações agregadas sobre o responsável pela busca (sexo, idade, localização, preferências) para oferecê-lo as melhores opções de imóveis e, assim, aumentar a chance de despertar o interesse e gerar resultados positivos.

Simulador de tendências imobiliárias

Já existem disponíveis em portais como este alguns simuladores de tendências imobiliárias online, que também trabalham com as informações conseguidas por meio da inteligência artificial. Ao fazer uma varredura dos valores praticados nos últimos meses, o sistema consegue criar uma previsão, baseada em diversos dados, de quais seriam as tendências para os próximos. Com isso é possível gerar gráficos e listas com informações detalhadas sobre os preços dos imóveis em regiões por todo o país.

Entretanto, em meio a isso tudo, é muito importante levar em conta que o setor imobiliário funciona com base em análises extremamente precisas e consistentes. Ou seja, é impossível depositar todas as expectativas em apps, sistemas ou qualquer meio digital para consolidar 100% dos investimentos, compras, vendas ou aluguéis.  Encaixar a inteligência artificial no segmento é um passo de grande importância, e por isso, ao menos por enquanto, o julgamento e raciocínios limitadores dos humanos é essencial para um bom trabalho em equipe entre homens e máquinas.

*Carol Salgueiro é jornalista graduada na Universidade Estadual de Londrina e redatora no segmento imobiliário desde 2015
   


Carreira
Empresas oferecem 63 bolsas de estudo em Tecnologia

Parceria entra a Cabify e a Ironhack prevê a concessão de três bolsas integrais e 60 bolsas parciais nos três cursos disponíveis atualmente na Ironhack São Paulo: Desenvolvimento Web, UX/UI Design e Data Analytics.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G