Clicky

Banda larga fixa é o serviço pior avaliado pelos consumidores

Luís Osvaldo Grossmann ... 08/03/2021 ... Convergência Digital

Único serviço em crescimento contínuo de clientes nos últimos anos, a banda larga fixa é também o único que os consumidores avaliam estar piorando, pelo menos desde 2015, quando a Anatel começou a fazer pesquisas anuais de satisfação. Enquanto a telefonia fixa, a móvel pós e pré paga, e a TV por assinatura têm notas crescentes, a internet fixa regrediu. 

Segundo dados divulgados pela agência nesta segunda, 8/3, em 2015 os brasileiros davam nota 6,58 para a banda larga fixa, em escala de 0 a 10. Esse número variou desde lá, mas encerrou 2020 em 6,51. Enquanto isso, todos os demais evoluíram:  

Nesse período, a banda larga fixa cresceu em mais de 5 milhões de acessos – encerrando 2020 com 36 milhões de conexões ativas. Mas enquanto as queixas de telefonia e TV estão mais relacionadas à cobranças e atendimento, o acesso à internet é o serviço com mais queixas sobre funcionamento, reparos e religamentos. 

“A Banda Larga Fixa reverteu a tendência de alta que registrava desde 2017, piorando em cinco dos sete indicadores de qualidade percebida, além de satisfação geral, quando nacionalmente consolidados. Além disso, continua sendo o serviço com as piores avaliações na maioria dos indicadores, enquanto a Telefonia Celular (em ambas as modalidades) continua a destacar-se com as maiores notas em geral”, diz o relatório da Anatel. 

Para a superintendente de relação com os consumidores da Anatel, Elisa Leonel, essa percepção de qualidade está relacionada à própria importância das conexões fixas no dia a dia, particularmente a partir do isolamento a partir da pandemia de Covid-19. 

“A banda larga fixa passou a ser o principal serviço, no sentido em que ancora outros serviços e plataformas para uso na vida, no lazer, no trabalho e no ensino. Portanto essa percepção em relação à banda larga fixa é algo que também nos desafia”, resumiu. 

Como destacado pelo gerente de Interações Institucionais, Satisfação e Educação para o Consumo da agência, Fabio Koleski, apesar da percepção negativa, os indicadores da Anatel sugerem que a qualidade do serviço melhorou, ao menos do ponto de vista técnico. 

“O número global de reclamações continuou igual, mas cresceram as reclamações sobre banda larga, especialmente com relação ao funcionamento do serviço de banda larga fixa. Por outro lado, não vimos nos indicadores de rede, interrupções sérias, apesar do aumento no tráfego, não houve nenhum incidente mais grave. Os indicadores até melhoraram. Mas o consumidor reclamou mais.”

Para a Anatel, dois pontos merecem atenção aí: há um maior estresse pela dependência da internet no cotidiano, seja escolar ou profissional, e com várias conexões simultâneas na mesma residência; por outro lado, falta clareza das operadoras na hora de ofertar os planos. 


Internet Móvel 3G 4G
No 5G, Oi desponta como 'azarão' na faixa de 26GHz

Fora da operação móvel para o consumidor, por conta da venda da Oi Móvel, a tele insinua interesse no leilão para ter espectro para acesso wireless fixo. "Precisamos ver o preço e as regras finais do edital", destacou o CEO, Rodrigo Abreu.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Por casa conectada, Vivo negocia opção de ser acionista minoritária na CDF

A CDF é um marketplace de solulções de assistência residencial e tecnológica e que já é parceira na oferta do Vivo Guru. Os novos serviços serão lançados em breve, mas um deles será voltado para a instalação e  configuração de dispositivos inteligentes.

Huawei: é cedo para dizer quem está dentro ou fora da rede privada do governo

“Existe uma portaria, mas os requisitos ainda não estão completamente claros”, afirma o diretor de cibersegurança da fabricante chinesa, Marcelo Motta.

Oi entra na briga pela fibra ótica em São Paulo

Companhia diz que os pilotos comercial e de rede estão acontecendo e o lançamento ao mercado será no segundo trimestre (abril a junho) para os mercados B2C e B2B. A Oi vai usar 5,2 mil Km de rede própria oriundas da compra da MetroRed e da Pegasus no passado.

Brasileiro retorna ao pré-pago e sonha com superaplicativo

O brasileiro diz que o pré-pago oferece maior flexibilidade de uso, de acordo com pesquisa global feita pela Ding. O estudo também mostra que os brasileiros querem um superaplicativo que combine mensagens instantâneas com mídia social, varejo e serviços.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G